Geófita

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Os nabos são plantas geófitas

Geófita é um termo botânico que se refere às espécies vegetais que permanecem subterrâneas durante a época desfavorável para seu crescimento, sob a forma de bulbo, rizoma, tubérculo ou raízes gemíferas. O termo provém do grego geo, terra e phyto, planta.

As plantas, em seu processo de adaptação ao clima e aos ambientes diversos, desenvolveram uma série de caracteres externos, morfológicos e estruturais. Estes caracteres externos predominantes formam categorias que são essenciais para o conhecimento das formações e comunidades vegetais da terra: os biotipos.

No sistema de Raunkiær o biotipo geófita é, precisamente, a planta cujos órgãos permanentes são os subterrâneos: (bulbo, rizomas, tubérculos, etc.[1]


Referências

  1. Raunkiær (1934) The Life Forms of Plants and Statistical Plant Geography. Oxford University Press.
Ícone de esboço Este artigo sobre Botânica é um esboço relacionado ao Projeto Plantas. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.