Giuseppe Pecci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giuseppe Pecci
Cardeal da Santa Igreja Romana
Prefeito da Sagrada Congregação dos Estudos
Protodiácono do Colégio dos Cardeais
Giuseppe Pecci, em retrato de 1872

Título

Cardeal-diácono de Santa Ágata dos Góticos
Ordenação e Nomeação
Ordenação Presbiteral 1837
Cardinalato
Criação 12 de maio de 1879, pelo Papa Leão XIII
Brasão
CardinalnobishopCOAPioM.svg
Dados Pessoais
Nascimento Reino de Itália Carpineto Romano
15 de dezembro de 1807
Falecimento Itália Roma
8 de fevereiro de 1890 (82 anos)
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Giuseppe Pecci, o Jovem (Carpineto Romano, 13 de dezembro de 1807 - Roma, 8 de fevereiro de 1890) foi um cardeal italiano, valente e afamado teólogo, defensor do tomismo. Foi o último cardeal-sobrinho a ser nomeado na história. Era irmão do Papa Leão XIII.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Carpineto Romano, perto de Roma, Giuseppe era um dos sete filhos do Conde Lodovico Pecci e de sua esposa, a nobre Anna Prosperi Buzi. Em 1828, a questão de que actividade seguir coloca-se a Giuseppe e ao seu irmão Vincenzo: Giuseppe Pecci entra para os Jesuítas, e Vincenzo decide-se pelo clero secular. Giuseppe entra para o colégio jesuíta em Viterbo em 1818.[1] Em 1825, aos 17 anos, é membro da Sociedade de Jesus.

Depois de o seu irmão ter feito carreira rápida na sede episcopal de Perugia, por vontade deste último, Giuseppe obteve a cátedra de teologia do seminário de Perugia, mantendo-o durante dez anos (1849-1859). Depois de a cidade ter sido conquistada pelas forças do Piemonte em 1860, Pio IX chamou-o a Roma e ofereceu-lhe uma nova cátedra de teologia, dando-lhe a honra de aderir à Pontifícia Comissão que teria começado a preparar o Concílio Vaticano Primeiro. Tido como teólogo especialista em São Tomás de Aquino, em 1870 voltou à cátedra em protesto contra a nova onda do Estado italiano, anticlerical, mas continuou a trabalhar na investigação teológica.

Em 1879, no Colégio dos Cardeais, o recém-eleito Papa Leão XIII perguntou se havia oposição à elevação do seu irmão Giuseppe ao cardinalato. Como não houve, Pecci foi criado cardeal-diácono de Sant'Agata dei Goti em 12 de maio desse ano, aos 72 anos, no primeiro consistório do seu irmão. Rejeitou a honra de ser na história o último da família de um papa a ser eleito cardeal.

Referências

  1. peter-hug.ch/lexikon/18_0714

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Frédéric de Falloux du Coudray
Cardeal
Cardeal-diácono de Santa Ágata dos Góticos

18791890
Sucedido por
Andreas Steinhuber