Hip hop espanhol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

O hip hop aparece na Espanha nos anos 80, em Madri, trazido pelos soldados americanos da base militar próxima à cidade. Hoje em dia é um estilo muito popular na juventude espanhola. [1] .[2] [3] Nos anos 90 o hip hop espanhol foi no ámbito underground. Os MC's pioneiros, como Frank T gravabam cassettes que eram difundidos em diversas jams de breakdance. [4] O começo da década dos 2000 é, sem dúvida a idade de ouro do hip hop espanhol. Aparecem os diferentes trabalhos discográficos que consolidam a várias das bandas e MC's mais conhecidos e reconhecidos da cena nacional, como SFDK, Tote King, Chojin, Falsalarma, Shotta, Rapsusklei ou Nach.

Kase O, é considerado o melhor MC em língua espanhola.

A partir de 2005 até hoje aparece uma nova corrente associada ao gangsta rap, especialmente em Madri.[5] Artistas como Mitsuruggy, Sholo Truth, Primer Dan o Chirie Vegas, com batidas inovadoras (com clara influencia do west coast ou dirty south , e ritmos, linguagem e atitudes nunca vistas na Espanha. Já foram criticados pelos artistas old school da Espanha. Porém ninguém pode negar que contribuiram enormemente a renovar a cena.

Listado das musicas mais conhecidas[editar | editar código-fonte]

Estas sao algumas das musicas mais conhecidas

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • El Chojin. Reyes, F. Rap. 25 años de rimas. Un recorrido por la historia del rap en España. Barcelona. Viceversa, 2010. (ISBN 978-84-92819-28-7)
  1. Marcos, Carlos (24-03-2010). El Madrid más 'hip-hopero' (em castellano). Visitado em 17 de marzo de 2011. "Sobre la discoteca Stone's, cuenta el MC El Chojin: "Estaba en Torrejón de Ardoz y ha sido muy importante para el hip-hop. Se abrió en 1974. Por allí pasaba todo el mundo. Cuando grupos como Boney M o Kool & The Gang tocaban en Madrid, luego siempre acababan en el Stone's. Para un niño, entrar a esta discoteca era el principal objetivo. Los fines de semana venía gente de toda España. Ponían la mejor música (...). Con el tiempo todos los raperos españoles hemos actuado allí. Lo cerraron en 2002. Ahora es un almacén de madera.""
  2. Elola, Joseba (25-05-2008). La base americana contagió el 'rap' (em castellano). Visitado em 20 de diciembre de 2010. "El subtítulo del artículo reza de modo explicativo: "El ritmo de la rima entró en España hace 25 años gracias a los militares norte-americanos de Torrejón""
  3. http://www.elpais.com/articulo/cultura/base/americana/contagio/rap/elpepicul/20080525elpepicul_2/Tes
  4. http://www.publico.es/culturas/235398/vuelven-los-padres-del-rap-espanol
  5. Taladriz, Patric. Documental Spanish Players 2

Ver também[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.