III Macabeus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

III Macabeus é um livro bíblico encontrado em algumas bíblias ortodoxas, ou seja, aceitas pela Igreja Ortodoxa como parte dos livros Deuterocanônicos ortodoxos. Os Protestantes e Católicos consideram como um livro não canônico.

O livro, na verdade, não tem nada a ver com a história dos Macabeus contada nos dois livros antecedentes e aceitos como canônicos também pelos católicos por não tratar da revolta dos judeus contra o helenismo imposto pelos gregos e da dominação do Império Selêucida que colocavam em perigo a própria fé monoteísta judaica. Resumidamente narra a história da perseguição sofrida pelos judeus na época do rei egípcio Ptolomeu IV que governou entre 222a.C a 205a.C, ou seja algumas décadas antes da revolta dos Macabeus. O nome do livro aparentemente vem de algumas semelhanças entre o livro e a história do mártir Eleazar descrita no livro de II Macabeus além dos sete jovens macabeus martirizados. Cita também o nome do sumo sacerdote Shimon referido no livro antecessor.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • HARRIS; Stephen L. "Understanding the Bible". Editora Mayfield: Palo Alto,1985.