J.R. Guzzo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
J.R. Guzzo
Nome completo José Roberto Guzzo
Nacionalidade  brasileiro
Ocupação Jornalista
Empregador Grupo Abril

José Roberto Guzzo, mais conhecido como J.R. Guzzo, é um jornalista brasileiro, diretor editorial do grupo EXAME e colunista das revistas EXAME e VEJA,[1] integrando ainda o Conselho Editorial da Abril.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1964, José Roberto Guzzo foi subsecretário da edição paulista do jornal Última Hora. Tornou-se funcionário da Editora Abril em 1968 e entre os anos de 1976 e 1991 foi diretor de redação da revista VEJA,[3] na qual voltou a trabalhar, desta vez como colunista, a partir de 2008. Para Guzzo, a atividade de um editor se definine por aquele "que seleciona e chama para si a responsabilidade de escolha do que é relevante para o público do veículo em que trabalha, observando a ordem de importância, apresentando o assunto de forma atraente e estimulando assim o consumo dessa informação. O editor cria significado sobre os fatos." Em novembro de 2012, entretanto, o jornalista se viu envolvido numa polêmica em torno de um artigo na revista VEJA, cujo teor foi considerado homofóbico.

Cquote1.svg Pessoas do mesmo sexo podem viver livremente como casais, pelo tempo e nas condições que quiserem. Podem apresentar-se na sociedade como casados, celebrar bodas em público e manter uma vida matrimonial. Mas a sua ligação não é um casamento – não gera filhos, nem uma família, nem laços de parentesco. Há outros limites, bem óbvios. Um homem também não pode se casar com uma cabra, por exemplo; pode até ter uma relação estável com ela, mas não pode se casar. Não pode se casar com a própria mãe, ou com uma irmã, filha, ou neta, e vice-versa. Não poder se casar com uma menor de 16 anos sem autorização dos pais, e se fizer sexo com uma menor de 14 anos estará cometendo um crime. Ninguém, nem os gays, acha que qualquer proibição dessas é um preconceito. Que discriminação haveria contra eles, então, se o casamento tem restrições para todos?[4] Cquote2.svg
J.R. Guzzo

Em nota no próprio website, o deputado federal pelo estado do Rio de Janeiro Jean Wyllys criticou o artigo de Guzzo, apesar de dizer que não pretendia "ampliar a voz dos imbecis".[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.