Rio Jamor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jamor)
Ir para: navegação, pesquisa
Jamor
Comprimento 15,8[1]  km
Nascente Serra da Carregueira
Altitude da nascente 300 m
Caudal médio N/D m³/s
Foz Tejo
Área da bacia 46,7 km²

O rio Jamor é um rio português que nasce na serra da Carregueira, no concelho de Sintra, e vai desaguar no rio Tejo, na Cruz Quebrada. Toma o nome de Ribeira de Belas no troço inicial a montante da interseção com a ribeira de Venda Seca. O principal afluente da margem esquerda é a ribeira de Carenque.[1]

O rio atravessa os jardins do Palácio de Queluz. O seu curso é aí canalizado, havendo um troço com cerca de 130 metros de comprimento delimitado por comportas e com paredes azulejadas - o Canal dos Azulejos. Quando as comportas do canal eram fechadas, criava-se um plano de água onde era possível passear de barco entre representações de portos, palácios e outros temas.

O rio Jamor passa pelo Estádio Nacional e pelo Complexo Desportivo (do Jamor), e onde se disputa o Portugal Open, torneio aberto de ténis (ATP).

Este rio, em 1966, sofreu uma cheia que contribuiu para a sua poluição mas, até 2006, o rio veio a ficar cada vez menos poluído.[carece de fontes?] Em Julho de 2006, entretanto, devido às obras da REFER na Estação Ferroviária de Queluz-Belas na cidade de Queluz, o rio ficou novamente poluído matando quantidade indeterminada de espécies aquáticas.[carece de fontes?]


  • Linha de água: (301 08)
  • Área de bacia: 44,5 km2
  • Comprimento: 15,8;km[1]
  • Fator de forma: 0,174
  • Tempo de concentração: 3,7 (h)

Afluentes[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Ribeiras de Sintra. Câmara Municipal de Sintra. Página visitada em 26 de julho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.