Kibera

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kibera
—  Cidade  —
Vista de Kibera
Vista de Kibera
Kibera está localizado em: Quênia
Kibera
Localização de Kibera no Quênia
1° 19' S 36° 47' E
País  Quênia
Condado Nairóbi
População (2009)
 - Total 170 070
Fuso horário HAO (UTC+3)

Kibera é o nome de uma comunidade localizada no Quênia. É considerara a maior favela do mundo, com cerca de 2,5 milhões de habitantes.1

Este assentamento informal é o lar de um quarto da população da capital de Nairóbi e é composta de 12 municípios que são flagelados pelos mesmos problemas de pobreza, sanitarismo precário e saúde ambiental, “construções temporárias” e HIV/Aids pandêmica.

História[editar | editar código-fonte]

Kibera Kenya.jpg

O assentamento de Kibera começou em 1912 quando o governo colonial Britânico, instalou os soldados Núbios (Sudaneses) que tinham feito parte do “Kings African Rifles” numa área de terra que tornou-se conhecida como Kibera, que significa floresta na língua Núbia.

O governo Britânico estabeleceu Kibera como uma reserva militar e assentamento para os soldados Núbios e suas famílias em 1918. Nesta época Kibera era um lugar arborizado de 4.000 hectares que contava com somente 600 Núbios. Em 1928, o exército Britânico tranferiu a administração de Kibera para o Conselho Municipal. Todas as licenças foram canceladas e os habitantes de Kibera passaram por um processo que tinham que provar sua história como Núbios. Os Núbios foram declarados “Tenants of the Crown” (proprietários da Coroa), significando que o “comissário de Terras” podia acabar com o status de proprietário títulos a qualquer tempo, em outras palavras todas as estruturas construídas em Kibera tinham que ser temporárias porque o Governo ainda retinha o direito de demolir qualquer estrutura e usar a terra para qualquer projeto governamental.

Kibera

Em 1948 houve a primeira demanda para remover Kibera por causa de problemas de saúde na área. Apesar deste mau ambiente e condições de saúde, Kibera continuou crescendo e durante os anos 70 começou um “boom” com um aumento estimado de 6.000 habitantes em 1965 para 62.000 em 1980, 248.360 em 1992 e 500.000 em 1998, com uma taxa de crescimento estimada em 17% ao ano. O que leva a uma estimative atual de 700.000 a 1.000.000 de pessoas, com densidade de mais de 2.000 por hectare, e uma média de 3.2 para 4.6 pessoas por “sala”, que faz de Kibera a maior favela da África.

Referências

  1. mundoestranho.abril.com.br Qual é a maior favela do mundo? Acessado em 28/02/2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]