Linha de força

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Linhas de forca.PNG

Linha de força ou linha de fluxo, geralmente no contexto do eletromagnetismo, é a linha curva*, imaginária, cuja tangente dá a direção do campo elétrico num dado ponto.

  • (As linhas são geralmente curvas, mas não têm necessariamente de o ser em todos os casos; por exemplo, num campo magnético ou elétrico uniforme, as linhas de campo são linhas retas e imaginárias paralelas umas às outras).

Observando as linhas formadas por limalhas de ferro em uma folha de papel colocada sobre um imã, Michael Faraday propôs o conceito de linhas de força. Essas linhas permitem estudar por onde passa o campo elétrico, e sua intensidade, conforme a concentração de limalha de ferro em determinada região. Elas são assim definidas como linhas imaginárias que mostram a atuação do campo elétrico em um determinado ponto no espaço.

  • Uma tangente à linha de força em um determinado ponto indica a direção do vetor \vec{E} neste ponto.
  • O número de linhas de força por unidade de área é proporcional ao módulo do vetor \vec{E}. Isto significa que as linhas são mais próximas entre si onde \vec{E} é maior e mais afastadas onde \vec{E} é menor.

No cálculo das linhas de fluxo utilizamos recursos do cálculo, já que o cálculo destas não passa do cálculo da soma das linhas do campo elétrico. Desta forma, podemos escrever em uma fórmula como a que segue abaixo,lembrando que estamos obtendo um escalar a partir de dois vetores,

\int_{a}^{b}\vec E\,d\vec S

.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.