N'Dama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
N'Dama

N'Dama é uma raça do gado de África Ocidental e é um típico Bos taurus taurus ou gado sem giba (cupim). Outros nomes usados: Boenca ou Boyenca (Guiné-Bissau), Fouta Jallon, Fouta Longhorn, Fouta Malinke, Futa, Malinke, Mandingo (Liberia), N'Dama Petite (Senegal)[1] . Originário das terras altas da Guiné-Bissau e Guiné e tendo se espalhado pelos países vizinhos principalmente por sua resistência à doença do sono (causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma brucei e transmitido pela mosca tsé-tsé)[2] .

No século XIX foi importado para a ilha Caribenha de St. Croix e cruzado mais tarde com Redpolls para dar forma à raça de Senepol.

Referências

  1. Oklahoma State University breed profile (em inglês) Breeds of Livestock. Página visitada em 13 de Junho de 2010.
  2. FAO study; The state of agricultural biodiversity in the livestock sector p99 (em inglês) Fao. Página visitada em 13 de Junho de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre bovinos, integrado no Projeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.