NDD Rio de Janeiro (G-31)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NDD Rio de Janeiro em navegação, junho de 2009.

O NDD Rio de Janeiro (G-31) foi um navio de desembarque de doca da Classe Ceará, da Marinha do Brasil. Foi descomissionado em 15 de junho de 2012.[1]

Origem do nome[editar | editar código-fonte]

O nome Rio de Janeiro, homenageia o estado e a cidade brasileira de mesmo nome. Em seu Brasão vê-se um golfinho, mamífero aquático muito encontrado na área da Baía de Guanabara e na boca da barra do Rio de Janeiro.

Este é o quarto navio da Marinha brasileira a utilizar este nome. Os outros barcos foram: Encouraçado Rio de Janeiro (1866), Encouraçado Rio de Janeiro (1913) e o submarino S Rio de Janeiro (S-13) 1945.

Construção[editar | editar código-fonte]

Construido pelo estaleiro americano Ingalls Shipbuilding, em Pascagoula, Mississippi, foi lançado ao mar em 20 de janeiro de 1956. Serviu a Marinha americana no período de 24 de agosto de 1956 a 28 de setembro de 1989, com o nome de USS Alamo (LSD-33).

Este é um dos dois navios da Classe Thomaston, adquiridos da Marinha dos Estados Unidos. Foi incorporado a Marinha do Brasil em 21 de novembro de 1990.

Características[editar | editar código-fonte]

NDD Rio de Janeiro (G-31).

Navio de Desembarque-Doca Rio de Janeiro.jpg

  • Deslocamento: 11.564-padrão / 12.150-plena carga.
  • Dimensões: 155,5 m de comprimento, 25,6 m de boca e 5,8 m de calado.
  • Propulsão:
    • 2 caldeiras Babcock & Wilcox de 40.8 kg/cm2;
    • 2 turbinas a vapor G.E..
  • Velocidade: 22,5 nós (máxima).
  • Autonomia: 10.000 milhas náuticas à 18 nós.
  • Armamento:
    • 6 canhões de 3 pol. (76,2 mm/50) Mk 33 reparos duplos;
    • 4 metralhadoras Browing .50.
  • Aeronaves: plataforma para helicópteros.
  • Tripulação: 345 tripulantes.
  • Capacidade de tropa: 500 homens
  • Equipamentos:
    • 21 Embarcações de Desembarque de Viatura e Material ou 6 Embarcações de Desembarque de Viatura e Material e 3 Embarcações de Desembarque de carga;
    • 2 guindastes de 50 toneladas de capacidade;
    • 2 lanchas para transporte de pessoal.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências



Ícone de esboço Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.