Oscilação multidecadal do Atlântico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A oscilação multidecadal do Atlântico é um fenômeno, visto por alguns como hipotético, de variabilidade natural que ocorre no Oceano Atlântico norte e que tem sua expressão principal no campo da temperatura da superfície do mar (TSM). Em outras palavras, é a variabilidade natural temporal, de certa forma hipotética, da temperatura da superfície do mar, num intervalo de 5 a 8 décadas. Enquanto que há algum suporte para este fenômeno em modelos e observações históricas, controvérsias existem com respeito a sua amplitude, e em particular, a atribuição da temperatura da superfície do mar no Atlântico tropical em áreas importantes para o desenvolvimento de furacões. Além disso, muitos cientistas acreditam que o aquecimento global esta mudando este padrão.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:

Referências

  1. Romm, Joseph J.,. Hell and High Water: Global Warming — the Solution and the Politics. [S.l.]: William Morrow & Co., 2006. 44 e 47 pp. ISBN 0-06-117212-X
Ícone de esboço Este artigo sobre Meteorologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.