Pnyx

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Pnyx era uma colina na Atenas da Grécia antiga, com cerca de 400m, ao sudoeste da ágora, onde a assembleia ou eclésia se reunia.[1] No século 5, o auditório foi reconstruído de modo que sua orientação foi alterada, talvez para a introdução do comparecimento pago.[2]

Estrutura[editar | editar código-fonte]

A Pnyx foi escavada em nos anos 30 e foi possível definir três períodos distintos da história da construção, a Pnyx I (c. 460 - 400), a Pnyx II (c. 400 ec - 120) e a Pnyx III (de 120 ec em diante).[3] Situava-se em um rebaixo a oeste da acrópole e fora construída originalmente por volta de 500 ou 462/1 a.C. e então remodelada em 403 sob o governo dos Trinta tiranos,[4] a fase final foi concluída em 430 a.C.. Esta terceira fase consistia de uma plataforma para o orador, a bema, e um muro de contenção curvado a partir do auditório. Também haviam stoas a partir do rebaixo superior mas que nunca foram concluídos.[1] :197

Visão panorâmica da Pnyx


Referências

  1. a b Simon Hornblower; Antony Spawforth; Esther Eidinow. The Oxford Classical Dictionary. Oxford University Press; 2012. ISBN 978-0-19-954556-8. p. 1167.
  2. Jonas Tadeu Silva Malaco. O lugar da assembléia dos cidadãos de Atenas. Alice Foz; 2003. ISBN 978-85-902741-2-4.
  3. Mogens Herman Hansen. The Athenian Democracy in the Age of Demosthenes: Structure, Principles, and Ideology. University of Oklahoma Press; 1991. ISBN 978-0-8061-3143-6. p. 128.
  4. "Por isso, a bema na Pnyx que apontava em direção ao mar, foi posteriormente alterada pelos trinta tiranos, de modo a olhar para o lado do interior,(...)", Plutarco, Temistócles, Cap. 19