Primeiro de cordada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma cordada

O Primeiro da cordada - em francês, Prémier de cordée - é o nome dado ao chefe da expedição, e o termo é tanto mais bem empregue que como guia e chefe de expedição vai à frente, e logo é o primeiro da cordada.

Primeiro[editar | editar código-fonte]

Assim é ele que abre a via, seja durante a fase de aproximação antes do objectivo, seja já na ascensão propriamente dita, e ao mesmo tempo assegura a progressão do grupo colocando na parede, e a cada ponto estratégico, um ponto de segurança para fazer passara sua própria corda, operação a que se chama mosquetágem.

O Primeiro continua essas operações de progressão e de mosquetagem - mosquetão + argola - até atingir o ponto "relais" onde muda de posição com o Segundo. Este posto é delicado porque o "primeiro" ao subir deve prever o melhor e o mais fácil percurso para a continuação da ascensão do grupo, mas se caí fará uma queda ligeiramente superior a duas vezes a distância do último ponto de mosquetágem devido á elasticidade da corda.

Literatura[editar | editar código-fonte]

Le premier de cordée - O primeiro da cordada - é o título de um livro de Roger Frison-Roche - (edição Arthaud, Grenoble - ), o primeiro de uma trilogia sobre o alpinismo. Os outros dois são : La grande crevasse e Retour à la montagne.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Prémier de cordée é também o título do filme realizado por Jacques Ertaud a partir do livro homónimo de Roger Frison-Roche

Segundo[editar | editar código-fonte]

O primeiro prende-se e assegura a ascensão do segundo que deve recuperar o material posto pelo primeiro. Chegados ao ponto de reunião, ao relais [nota 1] , mudam de posição, unicamente se o segundo tem capacidade para ser "o primeiro".

Numa ascensão onde há um grupo de pessoas encordada, o segundo é o segundo alpinista mais experimentado e que fecha a marcha.


Notas

  1. Muitos dos termos usados no alpinismo são franceses

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]