Referendo na Coreia do Sul em 1962

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coreia do Sul
Emblem of South Korea.svg
Este artigo é parte de uma série sobre a Política e governo
da Coreia do Sul

Governo

Constituição

Assembleia Nacional
Partidos políticos

Executivo
Presidente (lista)
Primeiro-ministro (lista)
Ministérios

Suprema Corte
Chefe de Justiça

Eleições

Eleições presidenciais
1997 • 2002 • 2007

Eleições legislativas
2000 • 2004 • 2008

Eleições locais
2002 • 2006 • 2010

Tópicos relacionados

Reunificação da Coreia
Divisões administrativas
Direitos humanos
Relações exteriores

Um referendo constitucional foi realizado na Coreia do Sul em 17 de dezembro de 1962.[1] A nova constituição foi aprovada por 80,6% dos eleitores, com uma participação de 85,3%.[2]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Opção Votos %
A favor 8.339.333 78,87
Contra 2.008.801 18,98
Votos nulos/brancos 237.864 2,25
Total 10.585.998 100
Eleitores registrados/comparecimento às urnas 12.412.798 85,12
Fonte: Nohlen et al.

Referências

  1. Nohlen, D, Grotz, F & Hartmann, C (2001) Elections in Asia: A data handbook, Volume II, p420 ISBN 0-19-924959-8
  2. Nohlen, D, Grotz, F & Hartmann, C (2001) Elections in Asia: A data handbook, Volume II, p427 ISBN 0-19-924959-8