Ruhnama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Ruhnama (O Livro da Alma, do árabe روح rūḥ (alma) e persa نامه nāmeh (carta ou livro)) é um livro escrito por Saparmurat Niyazov, antigo presidente vitalício do Turquemenistão, que combina um guia moral/espiritual com autobiografia e história revisionista, muita da qual de dúbia ou polémica factualidade e correção. O texto inclui várias histórias e poemas, incluindo alguns escritos pelo poeta sufista Magtymguly Pyragy. Foi criado com o propósito de servir como o "guia espiritual da nação" e a base para as artes e literatura do país. O Ruhnama foi introduzido na cultura turquemena de forma gradual mas persuasiva. Niyazov colocou inicialmente cópias do livro nas escolas nacionais e bibliotecas, porém chegou ao ponto de o tornar alvo de exame e de os seus ensinamentos servirem como elemento guia do teste.

Em Março de 2006, Niyazov afirmou que tinha intercedido junto a Deus para se assegurar que qualquer aluno que lesse o livro três vezes fosse automaticamente para o paraíso.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.