Sacramentum Caritatis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão pontifício de Bento XVI

Sacramentum Caritatis é uma Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Sumo Pontífice Bento XVI, sobre a "Eucaristia, fonte e ápice da vida e da missão da Igreja".

Descrição[editar | editar código-fonte]

O documento está dividido em cinco partes, a saber: Introdução, (I) Eucaristia, mistério acreditado; (II) Eucaristia, mistério celebrado; (III) Eucaristia, mistério vivido e Conclusão. Vai dirigido a todo o episcopado, ao clero, às pessoas consagradas e aos fiéis leigos. Foi promulgado em 22 de fevereiro de 2007 a próposito da XI Assembléia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, ocorrida entre 2 e 23 de outubro de 2005 no Vaticano.

O documento aponta como sua finalidade ter por objeto "recolher a multiforme riqueza de reflexões e propostas surgidas na Assembléia, a começar dos Lineamenta até as Propositiones, passando pelo Instrumentum laboris, as Relationes ante et post disceptationem, as intervenções dos padres sinodais, auditores e delegados fraternos -, com a intenção de explicitar algumas linhas fundamentais de empenho tendentes a despertar na Igreja novo impulso e fervor eucarístico."

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Catolicismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.