Sergei Volkov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sergei Volkov

Cosmonauta da AER
Nacionalidade Rússia russo
Nascimento 1 de Abril de 1973 (41 anos)
Chuhuiv, ex-URSS
hoje Rússia
Missões Soyuz TMA-12, Expedição 17, Soyuz TMA-02M, Expedição 28, Expedição 29
Insígnia
da missão
Soyuz TMA-12 Patch.png Insígnia Expedição 17 Soyuz-TMA-02M-Mission-Patch.png ISS Expedition 28 Patch.png ISS Expedition 29 Patch.png

Sergei Aleksandrovich Volkov (em russo: Сергей Александрович Волков) (Chuhuiv, URSS, 1 de abril de 1973) é um cosmonauta russo e o primeiro da segunda geração, filho do ex-cosmonauta soviético Aleksandr Volkov, um veterano de três missões no espaço entre 1985 e 1991.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Após a formatura na academia militar, Volkov serviu na força aérea como comandante-assistente de aeronaves, pilotando diversos modelos de aviões militates e civis, como o Tupolev e o Ilyushin, acumulando um total de 450 horas de vôo. Entre 1997 e 1999, ele cumpriu o programa de treinamento espacial, e a partir de janeiro de 2000 passou a fazer parte do grupo de cosmonautas em treinamento permanente para funções na Estação Espacial Internacional (ISS).

Volkov treinou como cosmonauta substituto e engenheiro de vôo para as expedições 7 e 11 da ISS, e como comandante de missões Soyuz TMA, subindo ao espaço em 8 de abril de 2008 no comando da nave Soyuz TMA-12 para estadia na ISS como comandante da Expedição 17. Com 35 anos de idade, foi o mais jovem comandante de expedições à ISS até hoje.

Retornou à Terra em 24 de outubro, após 199 dias em órbita, pousando no Casaquistão junto com seu companheiro de missão Oleg Kononenko e o turista espacial norte-americano Richard Garriott, passageiro da Soyuz TMA-13 que passou uma semana na ISS.[1]

Sua segunda missão começou em 7 de junho de 2011, comandando a Soyuz TMA-02M, lançada de Baikonur para uma nova permanência de cerca de seis meses no espaço, como integrante das Expedições 28 e 29 na ISS. Ele voltou à Terra em 22 de novembro de 2011, com a aterrissagem da TMA-02M e seus três tripulantes - Volkov, Michael Fossum e Satoshi Furukawa - nas estepes do Casaquistão, após mais de 200 dias em órbita terrestre.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mark Carreau (2008). $30 million buys Austin resident a ride on Soyuz mission. The Houston Chronicle. Página visitada em October 12, 2008.
  2. Chow, Denise. 3 Space Station Astronauts Land Safely in Kazakhstan. space.com. Página visitada em 26/11/2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]