Sing a Song of Sixpence

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilustração de Sing a Song for Sixpence (1880), por Randolph Caldecott.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sing a Song of Sixpence

Sing a Song of Sixpence é uma familiar cantiga de roda inglesa, que remonta pelo menos ao século XVIII.[1]

A sua origem é incerta, mas sabe-se que existia uma brincadeira medieval que consistia em colocar aves vivas sob a crosta de uma tarte imediatamente antes de a servir.[1] [2]

Letra[1] [editar | editar código-fonte]

Uma comum versão moderna é:

Sing a song of sixpence,
A pocket full of rye.
Four and twenty blackbirds,
Baked in a pie.

When the pie was opened,
The birds began to sing;
Wasn't that a dainty dish,
To set before the king?

The king was in his counting house,
Counting out his money;
The queen was in the parlour,
Eating bread and honey.

The maid was in the garden,
Hanging out the clothes;
When down came a blackbird
And pecked off her nose.

A última linha do quarto verso pode variar ligeiramente, com pecked off her nose ou nipped off her nose.

Um dos seguintes versos adicionais é frequentemente adicionado para moderar o final:

They send for the king's doctor,
who sewed it on again;
He sewed it on so neatly,
the seam was never seen.

ou:

There was such a commotion,
that little Jenny wren;
Flew down into the garden,
and put it back again.

Referências

  1. a b c Opie, Iona; Opie, Peter. The Oxford Dictionary of Nursery Rhymes (em inglês). 2ª. ed. [S.l.]: Oxford University Press, 1997. 394-5 pp. ISBN 0198600887.
  2. Cocker, Mark; Mabey, Richard. Birds Britannica (em inglês). Londres: Chatto & Windus, 2005. 349-53 pp. ISBN 0-7011-6907-9.
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.