Sucessão empresarial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Sucessão Empresarial)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2013)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Sucessão Empresarial é entendida como o rito de transferência do poder e do capital entre a atual geração dirigente e a que virá dirigir, situação pela qual todas as empresas que perdurem irão um dia passar. Já Sucessor é o indivíduo que irá substituir o mandatário, podendo ser herdeiro, membro da família ou que não apresenta nenhum grau de parentesco. A Sucessão Empresarial divide-se em dois grupos: sucessão corporativa e sucessão em empresa familiar.

Seja através de um profissional ou herdeiro de família, as empresas além das turbulências de mercado, crises econômicas, processos de reestruturação e reorganização, também devem voltar sua energia e de seus gestores para a questão sucessória, já que esta pode se tornar um elemento facilitador ou dificultador para o processo de inovação, que é cada vez mais crucial para o sucesso empresarial.

Acionistas atritados, familiares insatisfeitos, negócios perdidos, energias direcionadas para a resolução de pendências societárias e não para o objeto fim da empresa por parte dos seus administradores, são alguns dos indicadores de que as relações entre os sócios apresentam problemas. Estes incidentes podem levar a um decréscimo do lucro ou mesmo à geração de prejuízos, pois muitas vezes a empresa fica inerte, perdendo importantes oportunidades de negócios.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Em português