Técnica pomodoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikitext.svg
Este artigo ou seção precisa ser wikificado (desde fevereiro de 2013).
Por favor ajude a formatar este artigo de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde fevereiro de 2013).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Cronômetro em forma de tomate.

A Técnica Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo desenvolvido por Francesco Cirillo no final dos anos 1980.[1] A técnica utiliza um cronômetro para dividir o trabalho em períodos de 25 minutos chamados de 'pomodoros'.

O método é baseado na ideia de que pausas frequentes podem aumentar a agilidade mental[2] [3] e busca fornecer uma resposta eficaz a um estado provocador de ansiedade chamado de temporal "becoming" nos trabalhos de Henri Bergson e Eugene Minkowski.

Embora a técnica Pomodoro seja extremamente simples e fácil, ela não deve ser usada simplesmente como um processo de acelerar o desenvolvimento da tarefa, mas sim como uma unidade de esforço temporal além do poder que ela tem de focar na tarefa, evitando distrações. Portanto, além de você descobrir ao longo do tempo quais são as atividades em que você seja menos produtivo, você poderá tentar se desenvolver melhor nesses seus pontos mais fracos. São somente cinco os passos básicos para implementar essa técnica

  1. Escolher a tarefa a ser executada
  2. Ajustar o pomodoro (alarme) para 25 minutos
  3. Trabalhar na tarefa até que o alarme toque; registrar com um "x"
  4. Fazer uma pausa curta (3 a 5 minutos)
  5. A cada quatro "pomodoros" fazer uma pausa mais longa (15-30 minutos)

Princípios[editar | editar código-fonte]

As etapas de planejamento, controle de tempo, gravação de registros e visualização são fundamentais para a técnica.

Na fase de planejamento de tarefas, são priorizados os itens que devem ser feitos no dia. Isso permite que os usuários possam estimar as tarefas que exigem maior esforço. Como cada pomodoro refere-se a um período indivisível de 25 minutos, que deve ser registrado na lista, é possível fazer uma auto-observação de como o tempo é gasto.

Um objetivo essencial da técnica é reduzir o tempo das interrupções, adiando outras atividades que interrompam o pomodoro.

Ferramentas[editar | editar código-fonte]

O autor da técnica incentiva uma abordagem de baixa tecnologia, utilizando apenas o cronômetro, lápis e papel.

Nome[editar | editar código-fonte]

A técnica foi nomeada após seu autor Francesco Cirillo tê-la aplicado pela primeira vez utilizando um cronômetro em formato de tomate ("pomodoro" em italiano significa "tomate").[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]