Trio Irakitan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Trio Irakitan
Informação geral
País  Brasil
Integrantes Edison Reis de França, Paulo Gilvan, João da Costa Neto (formação original)

O Trio Irakitan é um conjunto vocal e instrumental, criado em 1950 por Edson Reis de França, o Edinho, Paulo Gilvan Duarte Bezerril (conhecido no meio artístico como Paulo Gilvan), e por João da Costa Neto, o Joãozinho.

Com o falecimento de Edson Reis de França, o Edinho, em 1965, Antonio Santos Cunha, o Tony, foi convidado para ingressar no trio. Tony, nascido no Ceará em 1936, estreou no trio com o disco "A volta", lançado em 1967 pela Odeon, onde interpretaram boleros como "Ébrio de amor" e "Malagueña". Em 1968, gravaram um compacto duplo com as canções "Quando sai de Cuba", "Embolada da mentira", "Vida bacana" e "Pega a voga cabeludo", esta última, composição do tropicalista Gilberto Gil..[1] [2]

O primeiro nome dado ao trio foi Trio Muirakitan, escolhido por Luís da Câmara Cascudo, que significa pedra verde em tupi-guarani. Como na época já havia um trio com o mesmo nome, Câmara Cascudo resolveu criar um neologismo, rebatizando o grupo de Trio Irakitan, que, segundo Paulo Gilvan, significa mel verde, ou, numa linguagem poética, doce esperança.[3] [4]

Referências