Wanderer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Um W25K, produzido entre 1938 e 1938.

A Wanderer foi uma fábrica alemã de automóveis que atuou entre 1901 e 1938, tendo encerrado suas atividades civis com o início da Segunda Guerra Mundial. Antes disso, havia se unido em 1932 à Audi, à DKW e à Horch para formar a Auto Union, hoje conhecida como Audi. Uma das argolas do símbolo da Audi, a última à direita, representa a Wanderer.


Wanderer W 23 Cabriolet 1938

A companhia produziu o seu primeiro automóvel com motor com seis cilindros em 1928. Antes disso, fornecia esportivos com motores com quatro cilindros com 1145cc e com 1220cc. Após a fusão e a formação da Auto Union lançou um modelo com motor semelhante ao dos DKW com quatro cilindros e 1692cc e, em 1933, um Audi recebia um motor da Wanderer com seis cilindros e 1963cc. O melhor de todos os modelos da Wanderer foi o W50, lançado em 1936, com um motor de seis cilindros e 2257cc. Houve ainda os esportivos W24 e W25 com motores com quatro cilindros e o W23 com um motor de seis cilindros.

Wanderer W 24 Limousine 1939

Os automóveis da Wanderer sempre foram admirados pela sua qualidade e por sua esportividade. Durante a segunda guerra, as atividades civis foram encerradas e um campo de concentração forneceu durante determinado período mão-de-obra escrava para fabricação de veículos [1] , tendo suas fábricas sido destruídas por bombardeios aliados.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Site de Christine O'Keefe sobre a história da tortura.Campos de concentração. Acessado em 19 de novembro de 2007.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Wanderer