William Cullen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William Cullen
médico e químico
Nacionalidade escocesa
Nascimento 15 de Abril 1710
Local Hamilton, Escócia
Morte 5 de Fevereiro 1790
Atividade
Campo(s) médico e químico
Alma mater Universidade de Edimburgo

William Cullen (15 de Abril de 1710, Hamilton5 de Fevereiro de 1790, Edimburgo) foi um químico e psiquiatra britânico.

Willian Cullen iniciou em 1726 curso de artes e estudos gerais na Universidade de Glasgow. Interessado em medicina, foi aprendiz de cirurgião apotecário com John Paisley, em Glasgow. Em 1729 trabalhou como cirurgião para a Companhia das Índias Ocidentais. Em 1733 um pequeno legado financiou estudos particulares em literatura geral e filosofia. Foi para a Universidade de Edimburgo para ter aulas formais de medicina. Casou-se em 1741 e tornou-se conselheiro da cidade de Hamilton e magistrado. Também era o médico de James, quinto duque de Hamilton (1703-43) e sua família.

Com o falecimento do duque em 1743, Cullen e sua família mudaram-se para Glasgow, onde atendia pacientes e ensinava fisiologia, botânica e disciplinas médicas.

Em 1755 mudou-se para Edimburgo e assumiu a cadeira do Instituto de Medicina em 1766. Ajudou a fundar a Royal Society of Edinburgh (Sociedade Real de Edimburgo) e a Royal Medical Society (Sociedade Real de Medicina). Pela sua liderança acadêmica foi eleito membro da Royal Society of London (Sociedade Real de Londres) em 1777.

Contribuições para a Psiquiatria[editar | editar código-fonte]

Cullen acreditava em "entidades" como causa de doenças. Compilou um extenso livro de nosologia (sistema classificatório para doenças). Foi o primeiro a ver a analogia entre delírio e sonhos ilusórios (isto é, sonhos com conteúdos inconguentes ou bizarros). Também foi o primeiro a cunhar o termo neurose, entretanto o utilizou de uma forma que pouco lembra o conceito moderno de perturbações de ansiedade.

Obra[editar | editar código-fonte]

  • First Lines in the Practice of Physic (1785)