Ópera Real Sueca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ópera Real Sueca
Kungliga Operan
Kungliga-operan-2003-04-14.jpg
A Ópera Real de Estocolmo]]
Autor Axel Anderberg
Data da construção 1773
Estilo arquitetônico Neobarroco
Cidade Estocolmo,  Suécia

A Ópera Real Sueca ou Ópera Real de Estocolmo (em sueco: Kungliga Operan) é um teatro de ópera situado no centro de Estocolmo. Além de ópera, são apresentados também espetáculos de ballet e dança moderna, assim como alguns consertos sinfónicos.[1]

A sua primeira representação foi em 18 de Janeiro de 1773, sob a égide do rei Gustavo III, na Stora Bollhuset em Slottsbacken. A sua primeira sede foi inaugurada em 1780. Este primeiro edifício foi utilizado durante um século, antes de ser substituído em 1898 pela atual edificação. O nome destas duas sedes tem variado numerosas vezes ao longo da historia.[1]
O antigo edifício foi encomendado por Gustavo III em 1775 e ficou concluído em 1782. Foi obra do arquiteto Carl Fredrik Adelcrantz. O rei nesta época era um mecenas típico do despotismo esclarecido.
Foi demolido em 1892 e substituído por um novo edifício desenhado por Axel Johan Anderberg e inaugurado pelo rei Óscar II da Suécia em 1899.

A Ópera Real Sueca é uma empresa de capital aberto, totalmente propriedade do estado sueco, sendo o seu chefe nomeado pelo governo.[1]

Referências

  1. a b c Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Operan i Stockholm». Bonniers uppslagsbok (em sueco) (Estocolmo: Albert Bonniers Förlag). p. 718. ISBN 91-0-011462-6. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]