1865 na ciência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ano: 1865
Ciência
Literatura
Música
Política
Religião

Eventos[editar | editar código-fonte]

  • Johann Josef Loschmidt determina o número de moléculas em um mol, constante posteriormente nomeada como número de Avogadro.[1]
  • Friedrich August Kekulé von Stradonitz, baseado parcialmente no trabalho de Loschmidt e outros, estabelece a estrutura do benzeno com seis carbonos com ligações químicas simples e duplas alternadas.[2]
  • Adolf von Baeyer começa a trabalhar no Anil (corante), um marco na indústria química orgânica que revoluciona a indústria de corantes.[3]

Nascimentos[editar | editar código-fonte]

Data Nome Profissão Nacionalidade Observações Ref

Falecimentos[editar | editar código-fonte]

Data Nome Profissão Nacionalidade Observações Ref
31 de janeiro Hugh Falconer paleontólogo, geólogo e botânico Reino Unido Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda n. 1808
Medalha Wollaston 1837
[4]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Medalha Copley

Referências

  1. John H. Lienhard (2003). «Johann Josef Loschmidt». The Engines of Our Ingenuity. Episódio 1858http://www.uh.edu/engines/epi1858.htm |transcriçãourl= missing title (ajuda). NPR. KUHF-FM Houston 
  2. «Archibald Scott Couper and August Kekulé von Stradonitz». Chemical Achievers: The Human Face of Chemical Sciences. Chemical Heritage Foundation. 2005. Consultado em 22 de fevereiro de 2007. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2007 
  3. «Adolf von Baeyer: The Nobel Prize in Chemistry 1905». Nobel Lectures, Chemistry 1901–1921. Elsevier Publishing Company. 1966. Consultado em 28 de fevereiro de 2007 
  4. «Award Winners Since 1831 / Wollaston Medal» (em inglês). The Geological Society of London. Consultado em 10 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 25 de julho de 2015 
  5. «Award winners : Copley Medal» (em inglês). The Royal Society. Consultado em 11 de dezembro de 2015 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre 1865 na ciência