AMOS 6

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMOS 6
AMOS 6
Localização orbital 4° W
Lançamento Cancelado
Veículo Falcon 9 Full Thrust
Operador IsraelSpacecom
Vida útil 16 anos
Fabricante Israel Aerospace Industries
Cobertura Europa
Oriente Médio
África
Órbita Geoestacionária
Peso 5500 kg

O AMOS 6 foi um satélite de comunicação geoestacionário israelense da séries AMOS que foi construído pela Israel Aerospace Industries (IaI). Ele seria colocado na posição orbital de 4 graus de longitude oeste e iria ser operado pela Spacecom.[1] O satélite foi baseado na plataforma AMOS-HP Bus e sua expectativa de vida útil seria de 16 anos.[2][3] O satélite foi destruído, em 1 de setembro de 2016, durante a explosão do seu veículo lançador, quando ele ainda estava sendo preparado na plataforma de lançamento.[4]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite estava previsto para ser lançado ao espaço no ano de 2016, por meio de um veículo Falcon 9 Full Thrust a partir da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, EUA. Ele teria uma massa de lançamento de 5500 kg.[2][3]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O AMOS 6 era equipado com 29 transponders em banda Ku e 24 em banda Ka para fornecer uma ampla gama de serviços de Steerable banda Ku com cobertura para a Europa e Oriente Médio, bem como feixes de band Ka para fornecer serviços de banda larga para a África e Europa. O satélite estava previsto para substituir o satélite AMOS 2 na posição orbital de 4 graus oeste, que está previsto para ser aposentado em 2016.[2][3][5]

Acidente do AMOS 6[editar | editar código-fonte]

Em 1 de setembro de 2016 uma explosão destruiu o satélite AMOS 6, que estava agendado para ser lançado em 3 de setembro de 2016, pela empresa de transporte espacial SpaceX.[4][6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IAI to launch new 5-ton Amos satellite, spacedaily.com, 6 July 2012
  2. a b c «AMOS 6» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 16 de setembro de 2014 
  3. a b c «Satellite Details - Amos 6» (em inglês). SatBeams. Consultado em 21 de novembro de 2015 
  4. a b «Foguete da SpaceX explode no Cabo Canaveral, na Flórida, antes de decolar». El País. Consultado em 9 de setembro de 2016 
  5. Money, Stewart (30 de janeiro de 2013). «SpaceX Wins New Commercial Launch Order». Innerspace.net 
  6. «ANOMALY UPDATES». SpaceX. 02 de Setembro. Consultado em 04 de setembro de 2016  Verifique data em: |access-date=, |date= (ajuda)