A More Perfect Union

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

"A More Perfect Union"[1][2] (em português: Uma União Mais Perfeita[3]) é um discurso proferido pelo então senador Barack Obama em 18 de março de 2008 no decorrer das eleições primárias do Partido Democrata de 2008 pela indicação do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos.[2] O título do discurso foi retirado do Preâmbulo da Constituição dos Estados Unidos.[3]

Proferido perante uma plateia no National Constitution Center, na Filadélfia, Pensilvânia, nele Obama respondeu ao aumeno da atenção dada às polêmicas declarações do reverendo Jeremiah Wright, seu ex-pastor e, até pouco antes do discurso, um membro da sua campanha. Obama enquadrou sua resposta na questão mais ampla da raça nos Estados Unidos. Obama abordou os temas das tensões raciais, os privilégios brancos, e a desigualdade racial nos Estados Unidos, discutindo a "raiva" negra, o "recentimento" branco, e outras questões com as quais ele procurou justificar e contextualizar os comentários do reverendo Wright.[4] Seu discurso termina com um apelo para ir além do "impasse racial", por meio de uma responsabilidade compartilhada dos problemas sociais.

Em 27 de março de 2008, o Pew Research Center classificou o discurso como "sem dúvida o maior evento político da campanha até agora", notando que 85 por cento dos americanos disseram que ouviram pelo menos um trecho do discurso e que 54 por cento disseram ter ouvido grande parte ou mesmo toda a fala.[5] A revista The New Yorker opinou que o discurso ajudou a eleger Obama como presidente dos Estados Unidos.[6]

Referências

  1. «'A more perfect union' by Barack Obama». The Los Angeles Times. 19 de março de 2008. Consultado em 22 de março de 2008.. Cópia arquivada em 8 de junho de 2008 
  2. a b Barack Obama (18 de março de 2008). «Text of Obama's speech: A More Perfect Union». Wall Street Journal. Consultado em 18 de março de 2008.. Cópia arquivada em 20 de março de 2008 
  3. a b «Constituição dos Estados Unidos da América - 1787». Consultado em 13 de dezembro de 2014. 
  4. Nedra Pickler and Matt Apuzzo (18 de março de 2008). «Obama confronts racial division». Associated Press. Consultado em 4 de abril de 2008.. Cópia arquivada em 25 de março de 2008 
  5. Pew Research Center (27 de março de 2008). «Obama Speech on Race Arguably Biggest Event of Campaign». Consultado em 28 de março de 2008.. Cópia arquivada em 30 de março de 2008 
  6. Hendrik Hertzberg, "Obama Wins, The New Yorker, November 17, 2008, p. 40, found at The New Yorker website. Visitado em 18 de novembro de 2008.