A Time for Choosing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ronald Reagan proferindo o discurso o A Time for Choosing.

A Time for Choosing (Um Tempo para Escolher), também conhecido como The Speech (O Discurso), foi um discurso feito durante a eleição presidencial dos Estados Unidos em 1964 pelo futuro presidente Ronald Reagan em apoio ao candidato Republicano Barry Goldwater.

Contexto[editar | editar código-fonte]

Existem muitas versões do discurso, uma vez que foi alterado ao longo de muitas semanas. Ao contrário da crença popular, não foi feito na Convenção Nacional Republicana de 1964 em São Francisco como um discurso de nomeação do senador Barry Goldwater como o candidato a presidência. Foi o ex-vice-presidente Richard Nixon quem proferiu o discurso de nomeação de Goldwater. Reagan, embora fez campanha para Goldwater, não usou o "A Time for Choosing" antes de 27 de outubro de 1964. Em sua autobiografia, Reagan afirmou que foi para a cama naquela noite "esperando não ter deixado Barry para baixo."[1]

Discursando para Goldwater, Reagan enfatizou sua crença na importância de um governo pequeno. Neste discurso, revelou sua motivação ideológica: "Os Pais Fundadores sabiam que um governo não pode controlar a economia sem controlar as pessoas. E eles sabiam que quando um governo se prepara para fazer isso, deve usar a força e a coerção para alcançar o seu objetivo. Chegamos ao momento da escolha."[2] Também declarou que "Você e eu dissemos que devemos escolher entre uma esquerda ou direita, mas eu sugiro que não existe tal coisa como uma esquerda ou direita. Há apenas um para cima ou para baixo. Até o antigo sonho do homem – a liberdade máxima individual consistente com a ordem – ou para baixo com o formigueiro do totalitarismo."[2][3]

Consequências[editar | editar código-fonte]

O discurso arrecadou um milhão de dólares para a campanha de Goldwater[4] e é considerado o evento que lançou a carreira política de Reagan.[5][6] Logo depois, Reagan concorreu ao governo da Califórnia e foi eleito. Até hoje, este discurso é considerado um dos mais eficazes já feito em nome de um candidato. No entanto, Barry Goldwater perdeu a eleição por uma das maiores margens da história.

Referências

  1. Reagan, Ronald (1990). An American Life: The Autobiography. New York City: Simon & Schuster. p. 143. ISBN 0671691988. Consultado em 31 de março de 2014. When it was over, the others in the room said I had done well. But I was still nervous about it and, when I went to bed, I was hoping I hadn't let Barry down 
  2. a b «A Time for Choosing». PBS. Consultado em 17 de abril de 2007 
  3. Richard A. Harris, Daniel J. Tichenor. A History of the U.S. Political System: Ideas, Interests, and Institutions, Volume 1. Santa Barbara, California, USA: ABC-CLIO, 2009. Pp. 384.
  4. Cannon, Lou (6 de junho de 2004). «Actor, Governor, President, Icon». The Washington Post. p. A01. Consultado em 26 de janeiro de 2008 
  5. Cannon (2001), p. 36.
  6. Peter Schweizer; Wynton C. Hall (2007). Landmark Speeches of the American Conservative Movement. [S.l.]: Texas A&M University Press. p. 42. Consultado em 26 de abril de 2012 

Leitura futura[editar | editar código-fonte]

Fontes primárias[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]