Abrunheira (Montemor-o-Velho)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Portugal Abrunheira  
—  Freguesia portuguesa extinta  —
Cruzamento no centro da Abrunheira
Cruzamento no centro da Abrunheira
Localização no Concelho de Montemor-o-Velho
Localização no Concelho de Montemor-o-Velho
Abrunheira está localizado em: Portugal Continental
Abrunheira
Localização de Abrunheira em Portugal Continental
Coordenadas 40° 07' 16" N 8° 43' 35" O
Concelho primitivo Montemor-o-Velho
Concelho (s) atual (is) Montemor-o-Velho
Freguesia (s) atual (is) Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 11,91 km²
População (2011)
 - Total 637
    • Densidade 53,5 hab./km²
Orago Nossa Senhora da Graça

Abrunheira foi uma freguesia portuguesa do concelho de Montemor-o-Velho, com 11,91 km² de área[1] e 637 habitantes (2011).[2] A sua densidade populacional é de 53,5 hab/km².

Foi vila e sede de concelho, entre 1836 e 1855. Tinha, de acordo com o censo de 1849, 8 384 habitantes. Era constituído por 7 freguesias: Brunhós, Gesteira, Reveles, Samuel e Serro Ventoso, Verride e Abrunheira, Vila Nova da Barca, Vinha da Rainha.

A freguesia de Abrunheira foi extinta (agregada) pela reorganização administrativa de 2013,[3] sendo o seu território integrado na freguesia de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca.

História[editar | editar código-fonte]

Abrunheira era, em 1747, um lugar pequeno da freguesia de Reveles, termo no crime de Montemor-o-Velho, e no cível do Couto de Verride, sendo um dos lugares de que se compunha este couto. No secular estava subordinada à Comarca de Coimbra, e no eclesiástico ao Arcediagado de Penela e ao Bispado de Coimbra, pertencendo à Província da Beira.

Tinha uma ermida dedicada a São João Baptista.

Deste lugar foi natural o Doutor João Rodrigues Pinto, Colegial de São Paulo, Deputado do Santo Ofício e Cónego Doutoral da Cidade de Viseu, que jazia sepultado na capela de São Pedro da Irmandade dos Clérigos, sita no rossio do Couto de Verride, com uma cota d'armas desta forma: Da parte esquerda cinco meias luas, duas em cima, uma no meio, e duas por baixo. Da parte direita por baixo, cinco flores-de-lis na mesma forma, por cima uma cruz, que parecia ser a de que usavam os Familiares do Santo Ofício, e coroado o escudo com um capacete, por cima um leão, e por baixo o seguinte epitáfio:[4]

Sepultura do Doutor João Rodrigues Pinto, natural da Abrunheira, irmão desta Santa Irmandade, Colegial de S. Paulo, Conego Doutoral

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Abrunheira [5]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
988 1 031 952 1 002 1 173 977 1 232 1 280 1 249 1 155 961 875 831 735 637

Evolução da  População  (1864 / 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011) Grupos Etários  (2001 e 2011)

Nos censos de 1864 a 1920 figura como Rebelves. Pelo decreto nº 15.133, de 05/03/1928, passou a ter a actual designação (Fonte:INE)

Património[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IGP (2012). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2012.1» (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1. Instituto Geográfico Português. Consultado em 30 de julho de 2013 
  2. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLS-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_CENTRO". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  3. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  4. Luís Cardoso (Pde.) (1747). Diccionario Geografico ou Noticia Historica de Todas as Cidades, Villas, Lugares e Aldeas, Rios, Ribeiras e Serras dos Reynos de Portugal e Algarve com todas as cousas raras que nelles se encontrao assim antigas como modernas Que escreve e offerece Ao Muito Alto e Muito Poderoso Rey D. João V Nosso Senhor o P. Luiz Cardoso da Congregaçao do Oratorio de Lisboa Académico Real do Numero da Historia Portugueza. I. [S.l.]: Regia Officina Sylviana. p. 40 
  5. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Abrunheira (Montemor-o-Velho)