Academia Teixeirense de Letras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Academia Teixeirense de Letras[1], também designada pela sigla ATL, é uma associação sem fins econômicos que terá duração por tempo indeterminado, com sede no município de Teixeira de Freitas, no Extremo Sul da Bahia.

Histórico[editar | editar código-fonte]

A ATL foi fundada em 14 de março de 2016 e tem por finalidade difundir as letras nacionais e, também, incentivar a produção literária em Teixeira de Freitas e nas outras 12 cidades que compõem o Território de Identidade do Extremo Sul.

A instituição literocultural é fruto do esforço de um grupo de intelectuais e artistas liderados pelo poeta e jornalista Almir Zarfeg[2] que, conjugando esforços, resolveram transformar antigo sonho em realidade.

Assinaram a ata de fundação da ATL: Almir Zarfeg, Athylla Borborema[3], Cristhiane Ferreguett, Celso Kallarrari[4], Carlos Andrade, Marcus Aurelius, Ramiro Guedes e Castro Rosas[5].

A primeira diretoria ficou assim constituída: Almir Zarfeg (presidente), Athylla Borborema (vice-presidente), Cristhiane Ferreguett (secretária-geral), Celso Kallarrari (tesoureiro) e Carlos Mensitieri (diretor de eventos). São conselheiros: Carlos Andrade, Marcus Aurelius e Ramiro Guedes.

A instalação da ATL[6] se deu em 4 de junho de 2016, no auditório da Câmara de Vereadores de Teixeira de Freitas, em evento solene aberto ao público. O poeta Castro Alves foi escolhido patrono-geral.

O brasão foi criado pelo Membro Honorário Elzo Bastos[7], a letra do Hino Oficial, escolhido em concurso interno, é do Membro Efetivo Marcus Aurelius[8]. A melodia coube ao Membro Efetivo e maestro Orely Silva[9].

Já no primeiro ano de atividades, a ATL editou a antologia “ATL em Verso e Prosa!”[10] e o “Prêmio Castro Alves de Literatura”[11].

Membros Efetivos e Patronos[editar | editar código-fonte]

Segue uma lista com patronos e membros efetivos da ATL:

  1. Almir Zarfeg –– Sady Teixeira Lisboa
  2. Athylla Borborema –– Isael de Freitas Correia
  3. Cristhiane Ferreguett –– Mário Augusto Teixeira de Freitas
  4. Celso Kallarrari –– Antonia Francisca de Medeiros Muniz
  5. Carlos Andrade –– Padre José Koopmans
  6. Marcus Aurelius –– Achiles de Jesus Siquara
  7. Ramiro Guedes –– Ivan Rocha
  8. Castro Rosas –– Amazias Barreto de Morais
  9. Érico Cavalcanti –– Oswaldo Cohin Ribeiro da Silva
  10. Carlos Mensitieri –– Francistônio Pinto
  11. Fernando Lago –– Lenice Amélia de Sá Martins
  12. Jomar Ruas –– Eugênia Viana Rodrigues
  13. João Santos –– Rosália Pereira da Silva
  14. Nildo Lage –– Cleicson Costa Barbalho
  15. Armando Azevedo –– Almir Nobre de Almeida
  16. Jean Albuquerque –– Deulisano Rodrigues de Souza
  17. Haroldo Carvalho de Morais –– Elfesson Alves Carvalho
  18. Edinar Cerqueira –– Sebastião Pereira dos Santos
  19. Fabiano Novais –– Genivaldo Bispo de Oliveira
  20. Fabiana Pinto –– Geny Abutrabe Guerra Pessoa
  21. Orley Silva –– Godefrida Cornélia Johanna Maria Trimbos
  22. João Rodrigues Pinto –– Vânia Abreu Marcacci
  23. Gisele Ellen –– Miguel Geraldo Farias Pires
  24. Edla Almeida –– Mônica Dallapicola
  25. João Faustino –– José Resende Sobrinho
  26. Oséas Moreira Lisboa –– Simplício Binas
  27. João Carlos de Oliveira –– Sheneider Cordeiro Correia
  28. Cássia Oz –– José Henrique dos Reis
  29. Valci Vieira –– Antonio Garcia de Medeiros Netto
  30. Maria Leôncio –– Edward Leôncio Nascimento
  31. Rubens Amaral –– Amilton Curty
  32. Samuel Alves Silva –– Nelson Borborema
  33. Elias Botelho –– Moyses dos Santos Almeida
  34. Luiz Brandão –– Frei Salésio Heskes
  35. Joselito Souza Leite Júnior –– Raimundo Hermes da Conceição
  36. Amaro Vicente Sant’Anna –– Ângelo Soares Dias
  37. Luiz Carlos de Assis Júnior –– Dom Antônio Elizeu Zuqueto
  38. Ademar Bogo –– Joaquim de Jesus Ribeiro
  39. Rubens Floriano Santos –– Marieta de Azevedo Gazzinelli
  40. Paulo Américo –– Gilson Roque do Nascimento

Referências

  1. Bahia, Agenda Cultural Bahia | Secretaria da Cultura do Governo da. «Academia Teixeirense de Letras | Agenda Cultural Bahia». Agenda Cultural Bahia. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  2. «Lançada a pedra fundamental da Academia Teixeirense de Letras». SulBahia News (em inglês) 
  3. «Athylla Borborema - Jornalista, Radialista, Publicitário e Perito Judicial». www.athyllaborborema.com.br. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 2 de outubro de 2016 
  4. «Celso Kallarrari». www.celsokallarrari.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2017 
  5. «Castro Rosas». Mapa da Palavra. 3 de outubro de 2016 
  6. «Academia Teixeirense de Letras é instalada e os seus 32 primeiros imortais são empossados - Teixeira News». Teixeira News. 6 de junho de 2016 
  7. «Elzo Bastos, artista plástico itanheense, está tendo o trabalho reconhecido na Europa». Itanhém Fest. Consultado em 22 de fevereiro de 2017. Arquivado do original em 23 de fevereiro de 2017 
  8. Pinheiro, Edelvânio (1 de dezembro de 2016). «Juiz Marcus Aurelius ganha concurso do Hino Oficial da Academia Teixeirense de Letras - Portal Água Preta news». Portal Água Preta news 
  9. «Projeto Orquestrando Futuros chega ao Colégio Gilberto Cardoso». SulBahia News (em inglês) 
  10. Pinheiro, Edelvânio (28 de setembro de 2016). «Academia convoca seus membros para a antologia "ATL em verso e prosa"; participem - Portal Água Preta news». Portal Água Preta news 
  11. Jornalismo (16 de novembro de 2016). «Abertas as inscrições do Prêmio Castro Alves de Literatura da Academia Teixeirense de Letras». Consultado em 22 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]