Academia de Ciências da Tchecoslováquia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Academia de Ciências da Tchecoslováquia (em checo: Československá akademie věd, em eslovaco: Česko-slovenská akadémia vied) foi estabelecida em 1953 a fim de ser o centro científico da Tchecoslováquia. Foi sucedida pela Academia de Ciências da República Tcheca (Akademie věd České republiky) e pela Academia de Ciências da Eslováquia (Slovenská akadémia vied) em 1992.[1][2]

História[editar | editar código-fonte]

A Real Sociedade de Ciências da Boêmia, que incluía as ciências humanas e naturais, foi estabelecida nas Terras da Coroa da Boêmia em 1784. Depois que o regime comunista totalitário chegou ao poder na Tchecoslováquia em 1948, todas as instituições científicas e sociedades eruditas foram dissolvidas e, em seu lugar, foi fundada a Academia de Ciências da Tchecoslováquia pelo ato nº 52/1952. Compreendeu um complexo de institutos de pesquisa e uma sociedade erudita.

A Academia de Ciências da Eslováquia foi estabelecida em 1942 e re-estabelecida em 1953, sendo uma parte formal da Academia de Ciências da Tchecoslováquia desde 1960 até 1992. A Academia foi submetida a complicadas pressões ideológicas até a queda do regime comunista em 1989. Em 1992 a Academia de Ciências da República Tcheca foi estabelecida pelo ato nº 283/1992.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Pessoas notáveis da Academia[editar | editar código-fonte]

Referências