Academias reais da Suécia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As academias reais suecas são instituições juridica e economicamente independentes, criadas por um rei com a finalidade de fomentar e promover a arte, a cultura e a ciência na Suécia, no espírito do iluminismo (upplysningens anda). Entre outras academias, são conhecidas nacional e internacionalmente a Academia Sueca e a Academia Real das Ciências da Suécia, responsáveis pela atribuição de vários Prémios Nobel. [1] [2]

A primeira proposta de academia foi lançada sem sucesso pela rainha Cristina em 1652. [3]

Algumas academias reais suecas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hadenius, Stig; Torbjörn Nilsson, Gunnar Åselius (1996). «Akademier». Sveriges historia - Vad varje svensk bör veta (História da Suécia – O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Bonnier Alba. p. 195. 447 páginas. ISBN 91-34-51784-7 
  2. Tore Frängsmyr. «Akademi (Academia (em sueco). Nationalencyklopedin (Enciclopédia Nacional Sueca). Consultado em 9 de maio de 2019 
  3. «Historik - Lärda samfund i Sverige» (em sueco). Kungliga Vitterhets Historie och Antikvitets Akademien och Vitterhetsakademien. Consultado em 9 de maio de 2019 

Ver também[editar | editar código-fonte]