Acanthaster planci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: "Coroa-de-espinhos" redireciona a este artigo. Para outros significados, veja Coroa de espinhos.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAcanthaster planci
Acanthaster planci em Koh Similan, Tailândia
Acanthaster planci em Koh Similan, Tailândia
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Echinodermata
Classe: Asteroidea
Ordem: Valvatida
Família: Acanthasteridae
Género: Acanthaster
Espécie: A. planci
Nome binomial
Acanthaster planci
(Linnaeus, 1758)

Acanthaster planci (Linnaeus, 1758), conhecida pelo nome comum de coroa-de-espinhos, é uma espécie de equinoderme pertencente à classe Asteroidea (estrelas-do-mar) com ampla distribuição natural nos recifes coralinos do Indo-Pacífico, onde é predadora dos pólipos dos corais-pétreos do grupo Scleractinia.[1] A espécie atinge grandes dimensões, de 25 a 37 centímetros de diâmetro, sendo um dos maiores equinodermes conhecidos, com dimensões semelhantes às da espécie Pycnopodia helianthoides, considerada o maior equinoderme do mundo. Apresenta a sua face superior recoberta por espinhos venenosos, o que justifica o seu nome comum. A espécie é considerada invasora.

Referências

  1. Carpenter, R.C. (1997) Invertebrate Predators and Grazers" In: C. Birkeland, Life and death of coral reefs, Springer. ISBN 978-0-412-03541-8.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Acanthaster planci
Ícone de esboço Este artigo sobre equinodermes, integrado no Projeto Invertebrados é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.