Acianthera fornograndensis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAcianthera fornograndensis
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Asparagales
Família: Orchidaceae
Subfamília: Epidendroideae
Tribo: Epidendreae
Subtribo: Pleurothallidinae
Género: Acianthera
Espécie: A. fornograndensis
Nome binomial
Acianthera fornograndensis
L.Kollmann & A.P.Fontana 2007

Acianthera fornograndensis é uma espécie de orquídea (Orchidaceae) originária do espírito Santo, no Brasil.[1] São plantas rupícolas robustas, de tamanho médio, com rizoma espesso e reptante, subcespitosas, com caule secundário mais largo no ápice que na base, triangular no ápice, ereto e espesso, rígido, com folhas largas, acuminadas, muito espessas e côncavas, pendentes do caule, de verdes a roxo acinzentado ou vermelhas, com inflorescências curtas apoiadas sobre as folhas, com poucas flores que não se abrem muito listadas de amarelo e vermelho, com extremidades acuminadas. O labelo tem longo istmo na base e lobos laterais baixos estreitos e obtusos, listado como a resto da flor .[2]

A Acianthera fornograndensis é similar a A. prolifera e, pela morfologia vegetativa, particularmente à A. hamosa, das quais difere, pela coloração amarela com linhas avermelhadas nas sépalas, pelas margens lisas das sépalas, pela base do labelo estreita e linear, de lóbulo apical liso, coluna de ápice revoluto e com duas asas laterais retas, ligeiramente curvadas em direção à coluna. Foi descoberta na localidade de Forno Grande, município de Castelo, vegetando sobre rocha em pleno sol.

Publicação e sinônimos[editar | editar código-fonte]

  • Acianthera fornograndensis L.Kollmann & A.P.Fontana, Bol. Mus. Biol. Mello Leitão. Nova Sér. 20: 27 (2007).

Referências

  1. R. Govaerts et al. World Checklist of Orchidaceae. The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew.«Published on the Internet» (em inglês) . Consultada em 30 de janeiro de 2013.
  2. Barros, F. & al. (2012). Orchidaceae in Lista de Espécies da Flora do Brasil[ligação inativa]. Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Luer, Carlyle A.: Icones Pleurothallidinarum (sistemática de Pleurothallidinae), volumes I a XXXI, Missouri Botanical Garden press (1978-2012).
  • Pridgeon, A.M., Cribb, P.J., Chase, M.C. & Rasmussen, F.N. (2006) Epidendroideae (Part One). Genera Orchidacearum 4: 328 ff. Oxford University Press.
  • Chiron, G. R., Guiard, J. & Van Den Berg, C. (2012) Phylogenetic relationships in Brazilian Pleurothallis sensu lato (Pleurothallidinae, Orchidaceae): evidence from nuclear ITS rDNA sequences, Phytotaxa 46: 34–58.

Govaerts & al. 2013. Acianthera fornograndensis em World Checklist of Selected Plant Families.
The Board of Trustees of the Royal Botanic Gardens, Kew. Publicado na internet. Accesso: 29 de janeiro de 2013.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Acianthera fornograndensis
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Acianthera fornograndensis
Ícone de esboço Este artigo sobre orquídeas (família Orchidaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.