Adelino Joaquim Pereira Soares de Castro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Adelino Joaquim Pereira Soares de Castro
Soares de Castro na inauguração do Museu Nacional de Etnografia de Nampula com Craveiro Lopes e Raul Ventura
Soares de Castro
Nascimento 17 de janeiro de 1913 (107 anos)
Melgaço, Portugal Portugal
Morte Lisboa, Portugal Portugal
Nacionalidade Portugal Português
Cidadania Portugal
Ocupação jornalista, escritor, etnógrafo e investigador
Principais trabalhos Os Achirimas: ensaio etnográfico

Adelino Joaquim Pereira Soares de Castro (Alvaredo, Melgaço, 17 de janeiro de 1913), foi um jornalista, escritor, etnógrafo e investigador português, que passou parte da sua vida em Moçambique, onde exerceu funções

administrativas em vários pontos do país. Foi também um dos principais colaboradores e impulsionadores do Museu Nacional de Etnografia de Nampula e autor de numerosos trabalhos sobre etnografia moçambicana[1]. Por vezes assinava as obras apenas como Soares de Castro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido a 17 de Janeiro de 1913 em Alvaredo, concelho de Melgaço, Adelino Joaquim Pereira Soares de Castro era filho de Adelino José Pereira, professor primário, natural de Castro Laboreiro, e de Rosalina Soares de Castro, natural de Alvaredo, ambos oriundos de famílias modestas, naturais de Melgaço.[2]

Com apenas 16 anos, em 1929, enquanto se encontrava de férias escolares, começou a colaborar no jornal semanário republicano independente da terra “Notícias de Melgaço", e apenas dois anos depois, em 1931, embarcou para Lourenço Marques, Moçambique, onde continuou a trabalhar na área do jornalismo para além de ter desempenhado alguns cargos administrativos na antiga colónia portuguesa ao longo dos anos.

Soares de Castro na inauguração do Museu Nacional de Etnografia de Nampula com Craveiro Lopes e Raul Ventura

Em 1956, após ter escrito vários livros e ensaios no campo do estudo da etnografia moçambicana, tornou-se no principal impulsionador do único museu nacional de Moçambique não localizado em Maputo, o antigo Museu Comandante Eugénio Ferreira de Almeida (actual Museu Nacional de Etnografia de Nampula), que tinha como objetivo mostrar «as artes e costumes indígenas», através de uma exposição que revelava o «mundo de expressões de um povo, o seu sentido estético e a sua aptidão criadora».[3]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Pinturas rupestres do Niassa (artigo) - Lourenço Marques: Boletim da Sociedade de Estudos de Moçambique, Nº 41, 1940[4]
  • Os Achirimas : ensaio etnográfico - Lourenço Marques: Imprensa Nacional de Moçambique, 1941[5]
  • Os Lómoè no Larde : alguns apontamentos de Soares de Castro - Lourenço Marques: Boletim Geral das Colónias, nº 304, 1950
  • Os Lómuès do Larde - Lourenço Marques: Sociedade de Estudos de Moçambique, 1952
  • O funcionamento de uma Escola Agrícola no Larde - Lourenço Marques: Sociedade de Estudos de Moçambique, 1953
  • Resenha histórica do Larde - Lourenço Marques: Boletim da Sociedade de Estudos de Moçambique, Ano XXIV, n.º 86, 1954
  • Pinturas Ruprestes do Niassa - Lourenço Marques: Boletim da Sociedade de Estudos de Moçambique, Ano XXVI, n.º 98, 1956
  • Folclore indígena no norte da província (artigo) - Paralelo 20 (1954-1961), nº 2, 1957
  • Apontamento para a história de uma jovem cidade - Boletim do Museu de Nampula - vol 1, 1960
  • Breves considerações sobre "Maimo" do distrito de Moçambique - Boletim do Museu de Nampula - vol 1, 1960
  • A pré-história de entre Ligonha e Rovuma - Boletim do Museu de Nampula - vol 2, 1961
  • A cerâmica gentílica no Norte de Moçambique - Boletim do Museu de Nampula - vol 2, 1961
  • Tatuagens, mutilações, adornos e vestuário no País da Macuana - Boletim do Museu de Nampula - vol 2, 1961
  • Artes plásticas no norte de Moçambique - Boletim do Museu de Nampula - vol 2, 1961
  • Plano de recolha e catalogação da filosofia sentenciosa e do folclore dos negros de Moçambique - Boletim do Museu de Nampula - vol 2, 1961

Referências

  1. «A ARTE RUPESTRE - OS AMURALHADOS em MOÇAMBIQUE» 
  2. Rocha, Joaquim A. «Escritores Melgacenses». Melgaço, Minha Terra 
  3. Vaz Milheiro, Ana. «Museu Nacional de Etnografia de Nampula». Heritage of Portuguese Influence/ Património de Influência Portuguesa — HPIP 
  4. «Catálogo - Pesquisa no Autor: Soares de Castro». Memórias de África e do Oriente 
  5. Castro, Soares de (1941). Os Achirimas: ensaio etnográfico. [S.l.]: Impr. Nacional de Moçambique 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]