Aegaeon (satélite)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Aegaeon, também conhecido como Saturno LIII (designação provisória S/2008 S 1) é o menor satélite natural de Saturno. Sua descoberta foi anunciada por Carolyn Porco do Cassini Imaging Science Team em 3 de março de 2009 a partir de observações feitas em 15 de agosto de 2008, pela Narrow-Angle Camera (NAC), a bordo da sonda espacial Cassini.[1] Aegaeon orbita Saturno dentro de um brilhante segmento do anel G, chamado de arco do anel G, correspondendo a uma das fontes de material deste.[2] Material ejetado pelo satélite ajuda a manter o arco brilhante perto da borda interna, que se espalha e contribui para a formação de parte do anel. Aegaeon está em uma ressonância de corrotação excêntrica 7:6 com Mimas, que causa uma oscilação de 3.6 anos de 4 km em seu semieixo maior. Assumindo que ele tem o mesmo albedo de Palene, estima-se que tenha meio quilômetro de diâmetro. Ele orbita Saturno a uma distância média de 167 500 km em 0,80812 dias, com uma inclinação de 0,01° com o equador de Saturno, e excentricidade de 0,0002.

Ele recebeu o nome de Aegaeon, um dos hecatônquiros.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. IAU Circular No. 9023
  2. Petite Moon, CICLOPS, 29 May 2009
  3. Jennifer Blue, Saturnian Satellite Named Aegaeon Arquivado em 29 de outubro de 2013, no Wayback Machine., USGS Astrogeology Hot Topics, 5 de maio de 2009
Ícone de esboço Este artigo sobre um satélite natural é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.