Almani

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Samori Turé (1830-1900), um dos mais ilustres a usar o título

Almani, também usualmente referido como Almamy, Almany, Almani é um título concedido a um governante muçulmano que possui autoridade sobre um determinado estado, foram esses vistos em lugares conquistados da África Ocidental no século XIX. A palavra tem derivação do nome miralmuminim (em árabe: أمير المؤمنين ) , tem seu significado base como Comandante dos Fiéis e ainda Imperador dos Crentes, tal expressão (comando dos fiéis) era usada pelo conselho do grupo radical Estado Islâmico do Iraque (AQI), quando era comandado por Abu Omar al-Baghdadi em tempos da guerra do Iraque, isso em um período de 2006 a 2010.[1]

A expressão Almami, ainda é usada para designar o título de um comandante regional com fundamento no Islã em alguns lugares de países da África Ocidental. É quase semelhante ao título do Califa (comuns na Idade Média) ou do xeique, governantes locais e oficiais em países e emirados do médio oriente. A dessemelhança só ocorre em relação ao local referente, nessa passagem os almanis são vistos na África Ocidental.

Almanis já titulares na história[editar | editar código-fonte]

Referências