Beija-flor-de-peito-azul

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Amazilia lactea)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaBeija-flor-de-peito-azul
Amazilia lactea-4.jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Apodiformes
Família: Trochilidae
Género: Amazilia
Espécie: A. lactea
Nome binomial
Amazilia lactea
(Lesson, 1829)
Sinónimos
Polyerata lactea

O beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea) é uma espécie de beija-flor que pode ser encontrada em vários países da América do Sul, dentre eles: Brasil, Bolívia, Peru e Venezuela, indo da Floresta Amazônica até Santa Catarina; há registros incertos no leste do Equador. Tanto os machos quanto as fêmeas possuem um peito azulado ("safira") e um abdome verde-azulado com uma faixa branca bem delineada. O bico é quase retilíneo com a parte superior da mandíbula em preto e a parte inferior num tom róseo.[1] O beija-flor-de-peito-azul é encontrado em bordas de florestas, regiões montanhosas e jardins em áreas urbanas.

A espécie possui um área de alcance estimada em 1.500.000 km², e ainda que o tamanho de sua população seja incerto, acredita-se que seja grande, dada a sua descrição como "frequente" em pelo menos parte de sua área de alcance.[2] Não é considerada em declínio e assim sua avaliação é Pouco preocupante (LC, Least concern).[2]

Na numismática[editar | editar código-fonte]

O beija-flor-de-peito-azul (Amazilia lactea) foi representado duas vezes na história monetária do Brasil: a primeira vez no anverso da cédula de 100 000 cruzeiros (BRE) em 1992[3][4] e na subsequente reimpressão com sobre-estampa de 100 cruzeiros reais (BRR) em 1993.[5][6] A segunda vez foi em 1994, com a criação do Plano Real: a espécie foi escolhida para ilustrar o reverso[7][8] da cédula de um real (BRL) da primeira família, cuja impressão foi descontinuada em 2005.[9]

Referências

  1. «Arthur Grosset - Sapphire-spangled Emerald» 
  2. a b «Amazilia lactea (Sapphire-spangled Emerald)». The IUCN List of Threatened Species. Consultado em 27 de julho de 2015 
  3. «Cédulas emitidas pelo Banco Central do Brasil - Padrão Monetário: Cruzeiro». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  4. «CRUZEIRO - Cr$ 100.000,00 (Meio Ambiente e Desenvolvimento)». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  5. «Cédulas emitidas pelo Banco Central do Brasil - Padrão Monetário: Cruzeiro Real». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  6. «CRUZEIRO REAL - CR$ 100,00 (Meio Ambiente e Desenvolvimento)». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  7. «Cédulas emitidas pelo Banco Central do Brasil - Padrão Monetário: Real - REAL - 1ª Família». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  8. «REAL - R$ 1,00 (Efígie da República)». Museu de Valores do Banco Central. Consultado em 27 de julho de 2015 
  9. BERNARDES, Thais (29 de junho de 2012). «Colecionadores pagam até R$ 100 em nota de R$ 1». Extra. Consultado em 27 de julho de 2015 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Sick, Helmut (1997). Ornitologia Brasileira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. ISBN 85-209-0816-0 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]