Anastácio (neto de Teodora)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Anastácio.
Anastácio
Nacionalidade Império Bizantino
Progenitores Mãe: filha de Teodora
Cônjuge Joanina
Ocupação Oficial
Religião Catolicismo

Anastácio (em latim: Anastasius) foi um oficial bizantino do século VI, ativo durante o reinado do imperador Justiniano (r. 527–565). Era filho duma dama de nome desconhecida, filha única de imperatriz Teodora (r. 527–548), com seu esposo de nome também desconhecido. Apesar de ser ilegítimo, assim como sua mãe, aparentemente foi tratado com plena legitimidade por Justiniano.[1]

Os autores da Prosopografia do Império Romano Tardio sugeriram que este Anastácio pode ser identificado com o cancelário da Lucânia e Brúcio que esteve ativo ca. 533/537.[2] Ca. 543 casar-se-ia, por influência de sua avó, com Joanina, única filha do general Belisário com Antonina; Procópio relata que o motivo da união foi o interesse de Teodora em conseguir a riqueza de Belisário. Essa união, contudo, seria dissolvida logo após a morte da imperatriz em 548.[3]

Referências

  1. Diehl 1972, p. 69-70.
  2. Martindale 1992, p. 62-63.
  3. Martindale 1992, p. 63; 712.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Diehl, Charles (1972). S.R. Rosenbaum (trad.), ed. Theodora, Empress of Byzantium. [S.l.]: Frederick Ungar Publishing, Inc. 
  • Martindale, John R.; Jones, Arnold Hugh Martin; Morris, John (1992). The Prosopography of the Later Roman Empire - Volume III, AD 527–641. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press. ISBN 0-521-20160-8