Andal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Andal é uma poetisa indiana, com obra escrita em Tamil (dialeto indiano). É uma dos doze Alvars, e a única mulher.[1][2][3][4][5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Chitnis, Krishnaji Nageshrao (2003). Medieval Indian History Atlantic Publishers & Dist [S.l.] p. 116. ISBN 978-81-7156-062-2. ; Quote: Andal, a woman saint (ninth century)...
  2. Bryant, Edwin Francis (2007). Krishna: A Sourcebook Oxford University Press [S.l.] p. 188. ISBN 978-0-19-803400-1. 
  3. Chitnis, Krishnaji Nageshrao (2003). Medieval Indian History Atlantic Publishers & Dist [S.l.] p. 116. ISBN 978-81-7156-062-2. 
  4. Bryant, Edwin Francis (2007). Krishna: A Sourcebook Oxford University Press [S.l.] p. 188. ISBN 978-0-19-803400-1. 
  5. S. M. Srinivasa Chari (1 January 1997). Philosophy and Theistic Mysticism of the Āl̲vārs Motilal Banarsidass Publ. [S.l.] pp. 11–12. ISBN 978-81-208-1342-7. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Hinduísmo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.