André Biancarelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde Junho de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Biancarelli
Biancarelli
Informações pessoais
Nome completo André Biancarelli
Data de nasc. 11 de março de 1970 (49 anos)
Local de nasc. Avinhão,  França
Altura 1,77 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1977-1978
1987-1990
AS Porto Vecchio
SC Bastia
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1990-1996
1996-2000
2000-2006
SC Bastia
Metz
Monaco
8 (0)
15 (0)
5 (0)
André Biancarelli
Informações pessoais
Data de nasc. {{{nascimento_data}}}
Local de nasc. {{{nascimento_cidade}}},
Informações profissionais
Times/Equipas que treinou
2006-2009
2009-
Monaco (treinador de goleiros)
Tours (treinador de goleiros)

André Biancarelli (Avinhão, 11 de março de 1970) é um ex-futebolista francês que atuava como goleiro. Hoje exerce a função de treinador de goleiros no Tours, equipe que disputa a Ligue 2 (Segunda Divisão).

Carreira[editar | editar código-fonte]

Biancarelli surgiu nas categorias de base do AS Porto Vecchio e do SC Bastia, se profissionalizando por este último, em 1990. Passou mais de quatro anos até ter sua primeira chance no Bastia, substituindo Bruno Valencony.

Rescindiu seu contrato com o Bastia ainda em 1995, sendo contratado a custo zero pelo Metz, onde atuou em quinze oportunidades. Deixou a equipe alsaciana em 2000, indo em seguida para o Monaco.

Na equipe do principado, Biancarelli amargou a função de terceiro goleiro - Stéphane Porato, Jean-Marie Aubry e Flavio Roma alternavam a titularidade, deixando o veterano sem oportunidades, que totalizaram cinco no total.

Para homenageá-lo, Francesco Guidolin, então treinador do Monaco, tirou o então titular Roma e colocou Biancarelli em seu lugar. Em julho de 2006, voltou ao Monaco, desta vez como treinador de goleiros. Com a chegada de Guy Lacombe para o comando técnico, foi dispensado. Desde 2009, exerce a mesma função no Tours.

Bandeira de FrançaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas franceses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.