Andreaeobryales

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaAndreaeobryales
Taxocaixa sem imagem
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Plantae
Subreino: Embryophyta
Superdivisão: Bryophyta sensu lato
Divisão: Bryophyta sensu stricto
Classe: Andreaeobryopsida
Goffinet & W. R. Buck
Ordem: Andreaeobryales
B. M. Murray
Família: Andreaeobryaceae
Steere & B. M. Murray
Género: Andreaeobryum
Steere & B. M. Murray
Espécie: A. macrosporum
Nome binomial
Andreaeobryum macrosporum
Steere & B. M. Murray

Andreaeobryales B. M. Murray é uma ordem monotípica de plantas não vasculares pertencente à classe de musgos Andreaeobryopsida, subclasse Andreaeidae.[1] O grupo tem apenas uma espécie extante conhecida, o musgo Andreaeobryum macrosporum Steere & B. Murr., do neoárctico.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Apresenta como único táxon extante a família Andreaeobryaceae Steere & B. M. Murray, a qual também é monotípica, tendo como único género Andreaeobryum Steere & B. M. Murray. Este género tem uma única espécie extante conhecida, Andreaeobryum macrosporum Steere & B. Murr., endémica do Alaska e do oeste do Canadá.[2][3]

Dada a sua levada diferenciação em relação aos restantes Bryophyta sensu stricto, o género foi colocado numa família, ordem e classe distintas em relação aos restantes musgos.[4]

A posição filogenética de Andreaeobryum entre as oito classes de musgos, baseada em inferências de dados sequenciais de ADN.[5][6]


Takakiopsida



Sphagnopsida





Andreaeopsida



Andreaeobryum




Oedipodiopsida




Tetraphidopsida



Polytrichopsida



Bryopsida







Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Murray, B. M. (1988). «Systematics of the Andreaeopsida (Bryophyta): Two orders with links to Takakia». Nova Hedwigia. 90: 289–336 
  2. Steere, W. C.; B. M. Murray (1976). «Andreaeobryum macrosporum, a new genus and species of Musci from northern Alaska and Canada». Phytologia. 33: 407–410 
  3. Eckel, Patricia M. (2007). «Andreaeobryaceae». Flora of North America. 27. [S.l.: s.n.] pp. 108–110 
  4. Buck, William R. & Bernard Goffinet. 2000. "Morphology and classification of mosses", pages 71-123 in A. Jonathan Shaw & Bernard Goffinet (Eds.), Bryophyte Biology. (Cambridge: Cambridge University Press). ISBN 0-521-66097-1.
  5. Goffinet, B.; W. R. Buck; & A. J. Shaw (2008). «Morphology and Classification of the Bryophyta». In: Bernard Goffinet & A. Jonathan Shaw (eds.). Bryophyte Biology 2nd ed. Cambridge: Cambridge University Press. pp. 55–138. ISBN 9780521872256 
  6. Goffinet, Bernard; William R. Buck (2004). «Systematics of the Bryophyta (Mosses): From molecules to a revised classification». Missouri Botanical Garden Press. Monographs in Systematic Botany. Molecular Systematics of Bryophytes. 98: 205–239. ISBN 1-930723-38-5 

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Buck, William R. & Bernard Goffinet. 2000. "Morphology and classification of mosses", pages 71–123 in A. Jonathan Shaw & Bernard Goffinet (Eds.), Bryophyte Biology. (Cambridge: Cambridge University Press). ISBN 0-521-66097-1.
  • Patricia M. Eckel "Andreaeobryaceae". in Flora of North America Vol. 27 Page 108. Oxford University Press. Online at EFloras.org.
  • "Morphology and classification of mosses", pages 71–123 in A. Jonathan Shaw & Bernard Goffinet (Eds.), Bryophyte Biology. (Cambridge: Cambridge University Press). ISBN 0-521-66097-1.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andreaeobryales
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Andreaeobryales