Anel inguinal superficial

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde maio de 2008). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O anel inguinal superficial é uma uma estrutura anatômica na parede anterior do abdômen. É uma abertura triangular que forma a saída do canal inguinal, que abriga o nervo ilioinguinal, o ramo genital do nervo genitofemoral e o cordão espermático (em homens) ou o ligamento redondo (em mulheres). Na outra extremidade do canal, o anel inguinal profundo forma a entrada.[1]

Diferenças[editar | editar código-fonte]

O canal inguinal e o anel superficial são maiores em homens do que em mulheres:

Em homens, estruturas que passam entre o abdómen e o testículo passam através do canal inguinal e anel inguinal superficial.

Em mulheres, o ligamento redondo do útero passa através do canal inguinal e do anel superficial para se fundir com o tecido conectivo do lábio maior.

O anel inguinal superficial é superior a crista púbica e ao tubérculo púbico e à extremidade medial do ligamento inguinal:

Em homens, o anel inguinal superficial pode ser facilmente localizado seguindo-se o funículo espermático superiormente, em direcção à parede abdominal inferior - a fáscia espermática externa do funículo espermático é contínua com as margens do anel inguinal superficial.

Em mulheres, o tubérculo púbico pode ser palpado e o anel é superior e lateral ao tubérculo.

Referências

  1. James Harmon, M.D., Ph.D., Lecture 13. Human Gross Anatomy. University of Minnesota. September 4, 2008.