Anfiteatro de Calígula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Anfiteatro de Calígula
Tipo Anfiteatro
Construção 41
Promotor / construtor Calígula
Geografia
País Itália
Cidade Roma
Localidade IX Região - Circo Flamínio
Coordenadas 41° 53' 59.28" N 12° 28' 39.72" E
Anfiteatro de Calígula está localizado em: Roma
Anfiteatro de Calígula
Anfiteatro de Calígula

Anfiteatro de Calígula (em latim: Amphitheatrum Caligulae) foi um anfiteatro construído durante o reinado do imperador Calígula e demolido alguns anos depois de ser inaugurado. Ele ficava no Campo de Marte, provavelmente perto da Saepta Julia, pois uma inscrição mencionando-o foi encontrada ao norte da Saepta[1].

As obras começaram entre 37 e 41 por ordem de Calígula, que queria deixar para Roma um segundo anfiteatro além do Anfiteatro de Estacílio Tauro[2]. Ainda incompleto quando o imperador morreu, as obras foram abandonadas e o que já havia sido construído foi demolido por ordem de Cláudio. Por volta de 46, Cláudio mandou restaurar a Água Virgem, danificada na construção. Esta restauração foi comemorada com uma inscrição no Arco de Cláudio, que era parte do aqueduto e se erguia sobre a Via Lata: a inscrição incluía o trecho "[…] AQUAE VIRGINIS DISTVRBATOS PER C(AIVM) CAESAREM" ("[...] da Água Virgem, danificada por C[aio] César")[3].

Referências

  1. Samuel Ball Platner and Thomas Ashby, A topographical dictionary of Ancient Rome, Oxford University Press, 1929, p 5
  2. Suetônio, Os Doze Césares, Vida de Calígula XX
  3. CIL 6, 1252