Campo de Marte (Roma)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maquete do Campus Martius a cerca de 300 a.C.

O Campo de Marte (em latim Campus Martius e em italiano Campo Marzio) era uma zona da Roma Antiga de aproximadamente dois quilômetros, inicialmente externa aos confins citadinos, e mais tarde subdividida por Augusto em duas das suas 14 regiões: a VII via Lata e a IX Circus Flaminius.

Com a destruição dos aquedutos durante o assédio da Guerra Gótica do século VI e a consequente maior comodidade devido à proximidade do rio, e influenciada pelo - entretanto criado - novo pólo citadino da Basílica de São Pedro, no Vaticano, centro de peregrinação, a área do Campo de Marte torna-se no quarteirão mais populoso da Roma medieval.[1] [2] [3]

Do ponto de vista geográfico, trata-se de uma vasta zona plana, delimitada de um lado pelo rio Tibre, a norte do Quirinal e do Capitólio.[1] [2] [3] Hoje é o IV rione de Roma.

Imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Campo de Marte (Roma)
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Itália é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências