António Casimiro Cardoso da Silva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

António Casimiro Cardoso da Silva ComC (Porto, 4 de Março de 1817 - Porto, 19 de Dezembro de 1881), 1.º Visconde de Godim, foi um militar português.

Família[editar | editar código-fonte]

Filho de José Pedro Cardoso e Silva e de sua mulher Maria José Mariana Verney, sobrinha-neta do Padre Luís António Verney.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Serviu como Alferes do Batalhão Provisório de Santo Ovídio durante o Cerco do Porto e foi Verificador na Alfândega desta Cidade. Era Fidalgo Cavaleiro da Casa Real por Alvará de 11 de Janeiro de 1869, Comendador da Ordem Militar de Cristo e condecorado com a Medalha das Campanhas da Liberdade, Algarismo 2.[1]

O título de 1.º Visconde de Godim foi-lhe concedido por Decreto de 11 e Carta de 26 de Maio de 1876 de D. Luís I de Portugal.[1]

Casamento e descendência[editar | editar código-fonte]

Casou a 17 de Outubro de 1842 com Francisca de Lima, filha de Manuel José Pereira de Lima, Proprietário e Negociante de grosso trato nas Praças de Pernambuco e do Porto, e de sua mulher Ana Joaquina da Piedade, com geração, tendo sido pais de António Cardoso da Silva, 2.º Visconde de Godim.[1]

Referências

  1. a b c d "Nobreza de Portugal e do Brasil", Direcção de Afonso Eduardo Martins Zuquete, Editorial Enciclopédia, 2.ª Edição, Lisboa, 1989, Volume Segundo, p. 639