Antonio Agù

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Antonio Agù
Nome completo Antonio Giuseppe Agù
Nascimento 25 de outubro de 1845
Osasco, Itália
Morte 25 de janeiro de 1909 (63 anos)
Osasco, Brasil
Ocupação industrial
Principais trabalhos Fundador da primeira fábrica de cerâmica do Brasil, 1884

Antonio Giuseppe Agù (Osasco, Itália, 25 de outubro de 1845Osasco, Brasil, 25 de janeiro de 1909) foi um imigrante italiano e um empreendedor pioneiro no planalto paulista, tendo sido o fundador da cidade de Osasco, assim denominada em homenagem à sua vila natal.[1][2]

À época da morte de Agù, Osasco era apenas um pequeno bairro de São Paulo, mas já estavam lançadas as bases de um núcleo de povoamento que viria a se tornar no futuro uma das maiores cidades do Brasil. Reconhecido por seus empregados, parentes e amigos, o cortejo do corpo de Agù foi acompanhado por centenas de pessoas desde a vila que fundou até Cemitério da Consolação, no centro de São Paulo, onde foi enterrado.

Em 1884, Agù adquiriu uma pequena olaria e a transformou num complexo industrial para produção de cerâmicas sanitárias. O grupo fundado por ele, continua ativo, diversificou a produção, abriu novos centros fabris e exporta para vários países.[3] [4]

Referências

  1. «"Cidade Trabalho"». Nossa São Paulo. Consultado em 15 de março de 2014 [ligação inativa]
  2. http://www.memoriaemigrazioni.it. «1845-1909, Brasile, Biografia di Antonio Giuseppe Agù». Consultado em 30 de outubro de 2019 
  3. «Cópia arquivada». Consultado em 28 de dezembro de 2015. Arquivado do original em 17 de março de 2016 
  4. «Sobre». Cerâmica Hervy. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.