Apolinário de Ravena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: "Santo Apolinário" redireciona para este artigo. Para o escritor cristão do século II, veja Santo Apolinário Cláudio.
Santo Apolinário
Santo Apolinário num detalhe do mosaico na Basílica de Santo Apolinário em Classe
Nascimento  em Antioquia
Morte  em Ravena
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 20 de julho
Padroeiro Ravena, Itália
Gloriole.svg Portal dos Santos

Apolinário de Ravena, o Santo Apolinário foi o primeiro bispo da cidade de Ravena, sendo seu padroeiro.

Apolinário nasceu em Antioquia da Síria, e conheceu o Cristianismo em Roma através da pregação do Apóstolo Pedro. Segundo o Martirológio Romano, foi ordenado bispo por São Pedro e enviado a Ravena. No tempo de Apolinário, o paganismo e sincretismo estavam dominando todo o Império e, por isso, todo evangelizador corria grandes riscos de vida.[1] Os milagres que ele operou logo chamaram atenção, pois ele e sua pregação conquistaram muitos convertidos à Fé, enquanto ao mesmo tempo traziam sobre ele a fúria dos idólatras, que o espancaram cruelmente e o expulsaram da cidade.[2] Ele foi martirizado por ordens de Vespasiano. O dies natalis, ou data do martírio, corresponde a 23 de julho, enquanto seu dia de santo é o 20 de julho. Segundo outras lendas, teria vivido no século II e teria sido martirizado provavelmente durante o reinado do imperador Valente.

No local do martírio, no porto de Ravena, foi erguido no século VI a Basílica de Santo Apolinário em Classe. As relíquias do santo foram levadas no século IX para a cidade, para uma igreja que naquele momento foi batizada de Basílica de Santo Apolinário Novo, tendo somente regressados à antiga basílica no momento de sua reconsagração, em 1748.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Apolinário de Ravena
  1. «Conheça a história de Santo Apolinário - Bispo de Ravena». Santo do Dia. Consultado em 10 de fevereiro de 2021 
  2. «CATHOLIC ENCYCLOPEDIA: St. Apollinaris». www.newadvent.org. Consultado em 10 de fevereiro de 2021