Arcanum Divinae Sapientiae

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão pontifício de Leão XIII

Arcanum Divinae Sapientiae é uma encíclica do Papa Leão XIII sobre a família. Foi publicada em Roma em 10 de fevereiro de 1880. O documento aborda os problemas pelos quais já passava a família por aquela época, dentre outros pontos critica fortemente o divórcio e se constituiu em referência para vários documentos posteriores da Igreja Católica sobre a Família.

Possui o seguinte roteiro[editar | editar código-fonte]

I. Introdução[editar | editar código-fonte]

  • Restauração de todas as coisas em Cristo.
  • Influência da religião na ordem temporal.

II.O Matrimônio cristão[editar | editar código-fonte]

  • Origem e propriedades.
  • Corrupção do matrimônio antigo.
  • Seu enobrecimento por Cristo.
  • Transmissão de sua doutrina pelos apóstolos.
  • A finalidade do matrimônio cristão.
  • A potestade da Igreja.

III. Ataques de que é objeto[editar | editar código-fonte]

  • Negação da potestade da Igreja.
  • Caráter religioso do matrimônio.
  • Intento de separar contrato e sacramento.
  • Os princípios do naturalismo.
  • Frutos do matrimônio cristão.
  • A ausência de religião no matrimônio.
  • Males do divórcio.
  • Sua confirmação pelos factos.
  • Conduta da Igreja frente ao divórcio.

IV. Os Remédios[editar | editar código-fonte]

  • O poder civil.
  • O poder eclesiástico.
  • Exortação aos bispos.
  • Matrimônios com acatólicos.

V. Conclusão[editar | editar código-fonte]

Vide[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]