Arco aórtico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arco aórtico

O arco aórtico está localizado no tronco. O desenvolvimento deste se dá durante a 4ª semana, junto à formação dos arcos faríngeos que recebem as artérias do coração. Os arcos aórticos (artérias) nascem a partir do tronco arterioso e terminam na aorta dorsal. Seu desenvolvimento finaliza na 8ª semana do desenvolvimento.

Durante este período irão surgir seis pares, entretanto nem todos estão presentes ao mesmo tempo, pois alguns se degeneram.

Os derivados dos 1º e 2º pares de arcos aórticos:

Estes arcos desaparecem em sua maior parte. Dos 1.os arcos as porções remanescentes formam as artérias maxilares (suprem ouvidos, dentes e músculos dos olhos e da face); Dos 2ºs arcos persistem as partes dorsais e forma os troncos das artérias estapédicas (pequenos vasos que no embrião irrigam o estribo).

Os derivados do 3º par de arcos aórticos:

Partes proximais: Artérias carótidas comuns (irrigam estruturas da cabeça).

Partes distais: Juntam-se às aortas dorsais e formam as artérias carótidas internas (irrigam os ouvidos, órbitas e encéfalo com suas meninges).

Os derivados do 4º par de arcos aórticos:

Esquerdo: Forma parte do arco aórtico (crossa da aorta); Direito: Forma a parte proximal da artéria subclávia direita. A parte distal desta artéria forma-se a partir da aorta direita e da sétima artéria intersegmentar direita.

Os derivados do 6º par de arcos aórticos:

Esquerdo: Parte proximal persiste como parte proximal da artéria pulmonar esquerda e a parte distal forma o Ducto Arterioso (DA) que comunica a artéria pulmonar com a aorta; Direito: Parte proximal persiste como parte proximal da artéria pulmonar direita. A parte distal, degenera-se.

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.